Mercado fechará em 5 h 30 min
  • BOVESPA

    130.553,70
    +1.112,67 (+0,86%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.181,57
    -104,89 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,66
    +0,75 (+1,06%)
     
  • OURO

    1.865,40
    -14,20 (-0,76%)
     
  • BTC-USD

    40.971,57
    +5.202,77 (+14,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.016,79
    +47,95 (+4,95%)
     
  • S&P500

    4.237,39
    -10,05 (-0,24%)
     
  • DOW JONES

    34.335,73
    -143,87 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.152,45
    +18,39 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.011,50
    +17,25 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1620
    -0,0306 (-0,49%)
     

Ingenuity resiste à anomalia no sexto voo em Marte

·2 minuto de leitura
Ingenuity resiste à anomalia no sexto voo em Marte
Ingenuity resiste à anomalia no sexto voo em Marte

O helicóptero Ingenuity realizou seu sexto voo na superfície de Marte, informou a Nasa nesta quinta-feira (27). A pequena aeronave subiu a uma altitude de 10 metros e sobrevoou 150 metros para sudoeste, a uma velocidade de 4 metros por segundo. Mas, em determinado momento, o helicóptero passou por um problema na atividade do dia 22 de maio.

Quando estava a 15 metros do caminho a sudoeste, o Ingenuity deveria ter ido para sul, enquanto fazia imagens do oeste, e, em seguida, voar mais 50 metros para nordeste e pousar. Nesse percurso, a telemetria do voo mostrou que os primeiros 150 metros foram feitos tranquilamente. Mas, a parte final apresentou falha.

Leia mais:

Detalhes do sexto voo do helicóptero da Nasa Ingenuity
Vídeo curto do sexto voo do helicóptero Ingenuity. Imagem: NASA/JPL-Caltech

O Ingenuity começou a ajustar a velocidade e se inclinar, para frente e para trás, em um padrão oscilante, comportamento este que seguiu até o final do voo. Antes de pousar em segurança, sensores a bordo do helicóptero indicaram que a aeronave encontrou “excursões de rotação e inclinação de mais de 20 graus, grandes entradas de controle e picos no consumo de energia”, explicou a Nasa.

A anomalia do sexto voo do Ingenuiy aconteceu 54 segundos após a decolagem. O que houve foi uma falha no pipeline de imagens entregues pela câmera de navegação, que causou uma perda de apenas uma imagem. Além disso, todas as imagens de navegação posteriores foram entregues com marcação de data e hora imprecisos.

Assim, sempre que o algoritmo de navegação do helicóptero fazia uma correção com base na imagem de navegação, ele operava com informações incorretas. Isso fez com que os dados usados para pilotar a aeronave resultassem em uma degradação significativa e correções constantes. Por isso, ele passou a oscilar.

Foto do helicóptero Ingenuity tirada pelo rover Perseverance
Foto do helicóptero Ingenuity tirada pelo rover Perseverance. Imagem: NASA/JPL-Caltech/ASU/MSSS

Apesar do problema, o Ingenuity conseguiu manter o voo e pousar com segurança na superfície, a cerca de 5 metros de distância do local de pouso pretendido. De acordo com a Nasa, o helicóptero conseguiu fazer isso porque houve um grande esforço para garantir que o sistema de controle de voo tivesse uma boa margem de estabilidade.

“Projetamos o Ingenuity para tolerar erros significativos sem se tornar instável, incluindo erros de cronometragem. Essa margem não era necessária nos voos anteriores, porque o comportamento do veículo era familiar com nossas expectativas, mas a margem veio em nosso socorro no voo seis”, escreveu Håvard Grip, piloto-chefe do helicóptero, no Jet Propulsion Laboratory (JPL).

Via: Nasa

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!