Mercado fechará em 4 h 27 min
  • BOVESPA

    109.888,35
    -300,22 (-0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.020,65
    +221,19 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,57
    +0,32 (+0,43%)
     
  • OURO

    1.791,20
    +8,80 (+0,49%)
     
  • BTC-USD

    16.862,21
    -153,57 (-0,90%)
     
  • CMC Crypto 200

    395,78
    -6,25 (-1,55%)
     
  • S&P500

    3.940,28
    -0,98 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.609,19
    +12,85 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.519,54
    -1,85 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    18.814,82
    -626,36 (-3,22%)
     
  • NIKKEI

    27.686,40
    -199,47 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    11.515,25
    -50,75 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4885
    +0,0098 (+0,18%)
     

Influenciador vende carteira de criptomoedas adulterada e rouba R$ 1.7 milhão de cliente

Um ‘influenciador’ de criptomoedas roubou R$ 1.7 milhão de um empresário na Argentina. A vítima procurou o youtuber para aprender negociar ativos digitais e acabou com seus fundos drenados. As informações são do Livecripto.

O incidente ocorreu na cidade de Santa Fé – Argentina, o influenciador argentino foi identificado como Martin Eduardo Lazarte De Lieto (25) e foi preso enquanto tentava viajar para Montevidéu.

A justiça de Santa Fé ordenou a prisão preventiva de Martin Lazarte e ele aguarda julgamento.

O procurador responsável pelo caso, Guillermo Loyola, explicou que o magistrado entendeu haver riscos processuais e decidiu tutelar o processo de prisão contra o acusado.

Empresário teve mais de 330 mil dólares drenados de sua carteira

O golpista usou sua conta do Twitter com mais de 17.000 seguidores para falar sobre criptomoedas e apareceu em entrevistas da TV como um especialista do mercado, seduzindo o empresário que mais tarde confiou no influenciador para ensiná-lo a usar carteiras de criptomoedas onde colocaria seus fundos.

“Um influenciador reconhecido em termos de criptomoedas e nessa qualidade estabeleceu uma relação de confiança com a vítima e prestou aconselhamento para a compra de criptomoedas do tipo USDT”, disse o procurador.

Martin Eduardo Lazarte De Lieto
Martin Eduardo Lazarte De Lieto

O influenciador argentino vendeu ao empresário uma carteira de criptomoedas da marca Ledger por US$ 200. Na hora da venda, ele ensinou o empresário a usar a carteira, no entanto, ele havia guardado as chaves privadas da carteira.

“O empresário fraudado estava convencido de que tinha a gestão absoluta e exclusiva da carteira adquirida e realizava operações financeiras por meio dela “, disse Loyola.

Pouco tempo depois, o influenciador acessou a carteira da vítima e drenou todos os seus fundos, cerca de 1.7 milhão de reais. Mais tarde, ele transferiu os fundos roubados para outras carteiras, além de enviar uma quantia de aproximadamente 173 mil dólares para a Binance.

Golpista enviou parte dos fundos roubados para Binance

“Recebemos a denúncia e confirmamos a existência de dinheiro na carteira da Binance em nome do acusado“, disse o procurador responsável pelo caso. “Na época, a conta tinha um valor aproximado de 120.000 USDT, acrescentou.

Embora nenhum detalhe tenha sido dado se os fundos foram recuperados, o acusado será julgado pelos crimes cometidos por fraudes e roubo de criptomoedas.

Como se proteger?

De acordo com Jefferson Rondolfo, um dos mais importantes membros da comunidade de criptomoedas no Brasil, carteiras físicas são seguras, se adquiridas diretamente com a fabricante ou com Revendas Oficias, como a KriptoBR.

“Essa é uma regra que reflete diretamente na segurança do usuário, já mostramos que existem carteiras falsas e muitos se arriscam comprando em mercados como Submarino, Americanas, Mercado Livre, etc.” – acrescentou.

Fonte: Livecoins

Veja mais notícias sobre Bitcoin. Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.