Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.296,59
    -64,71 (-0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Inflação ameaça o tradicional 'fish and chips' britânico

Fish and chips: setor alimentício já vivia com margens baixas mesmo antes da inflação de preços. Getty Images.
Fish and chips: setor alimentício já vivia com margens baixas mesmo antes da inflação de preços. Getty Images.
  • Preço dos insumos cresceu bastante após o início do conflito na Ucrânia;

  • Setor sobrevivia com margens de lucros apertadas mesmo antes da inflação;

  • "Os clientes esperam que seu peixe com batatas fritas seja barato", afirmou presidente da Federação.

Prato típico no Reino Unido, o "fish and chips" (peixe com batata frita, em tradução livre), está ameaçado de desaparecer. O culpado, entretanto, não é o desaparecimento dos peixes ou uma praga nas safras de batata, como a que ocorreu no século 19.

A culpa pelo desaparecimento do prato tão queridinho dos britânicos que chega a ser uma atração turística é nada mais do que a inflação que o país vem sofrendo nesses últimos meses. Segundo o presidente da Federação Nacional de Frituras de Peixe, Andrew Crook, estima-se que cerca de um terço dos 10 mil restaurantes especializados no prato podem fechar nos próximos nove meses.

Apesar de todos setores da sociedade estarem sofrendo com a alta dos preços, em especial os restaurantes, para a Federação Nacional de Frituras de Peixe as lojas de "fish and chips" estão mais vulneráveis, pois trabalham com margens de lucro muito menores que as demais. "Os clientes esperam que seu peixe com batatas fritas seja barato", afirmou Crook.

De acordo com Crook, que é dono de seu próprio estabelecimento de fritura, os preços já vinham subindo desde o ano passado, mas a invasão da Rússia à Ucrânia em fevereiro fez com que os custos disparassem. Cerca de 40% do bacalhau e do hadoque, peixes mais usados no preparo do prato, vem de águas russas, e metade do óleo de girassol, utilizado na fritura, vem da Ucrânia.

Desde março o preço do óleo já subiu 83%. Seu principal substituto, o óleo de palma, teve um aumento maior ainda ao dobrando de preço após a Indonésia, principal produtor, começar a restringir as exportações para assegurar o abastecimento doméstico.

Já o peixe islandês e norueguês viu seu preço crescer de £ 140 (R$ 732) no ano passado para £ 270 (R$ 1.412) devido a temores de que o Reino Unido iria banir a importação do produto russo como forma de boicotar a guerra.

“Estamos correndo o risco de nos precificarmos fora do mercado… Estamos tentando manter os aumentos o mais baixo possível”, disse Crook. “Já perdi alguns clientes regulares que costumavam vir todas as sextas-feiras”, finalizou.

Com informações da CNN Business.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos