Inflação medida pelo IPC será maior em 2013, prevê Fipe

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) informou nesta sexta-feira que a previsão para o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da capital paulista é de uma taxa acumulada de 5,40% em 2013. Em 2012, o índice acumulou inflação de 5,10%.

A estimativa é de IPC mais elevado em relação a 2012 em função da expectativa de continuidade da recuperação econômica. Mas como isso se dá em ritmo moderado, a inflação também não deverá ficar tão acima da vista no ano passado. "A tendência da economia é seguir em retomada lenta. O que pode acontecer é a economia ficar abaixo do que é esperado pelo governo e haja mais prorrogações de incentivos", disse o coordenador do IPC, Rafael Costa Lima.

Em 2013, segundo o coordenador, o grupo Alimentação, que no ano passado subiu 10,29%, tende a ter alta bem mais moderada, uma vez que em 2012 tais preços sofreram com o choque na oferta de matérias-primas agrícolas. "As commodities tendem a voltar a um preço de equilíbrio. Não deveremos ter choque novamente", disse.

Porém, Costa Lima chamou a atenção para o fato de que neste ano o setor de Transportes, por sua vez, não deve ter desempenho tão bom quanto o visto em 2012, quando a alta acumulada foi de 0,21%. "O ano deve ser de impacto maior da inflação em Transportes, com as previsões de reajuste de gasolina e tarifas de ônibus", explicou.

Janeiro

A previsão para o IPC em janeiro é 0,96%. Em dezembro, ficou em 0,78%. De acordo com o coordenador do IPC, Rafael Costa Lima, para janeiro, contudo, há uma "incerteza em relação ao 0,96%" por causa da expectativa de reajuste na tarifa de ônibus em São Paulo. "Se houver recomposição do IPCA dos últimos dois anos na tarifa, o IPC será de 1,20%", disse.

Além da possibilidade de aumento na passagem de ônibus, a sazonalidade do mês é desfavorável para os preços por causa dos tradicionais reajustes nas mensalidades escolares, o que deve, nas contas da Fipe, levar o grupo Educação a um avanço de 7,07% este mês, ante 0,15% em dezembro.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,10830,000,00%
    USDBRL=X
    3,2900-0,0006-0,02%
    EURBRL=X
    0,9448+0,0004+0,04%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    31,51-0,14-0,44%
    VALE5.SA
    15,18-0,38-2,44%
    PETR4.SA
    4,93-0,10-1,99%
    USIM5.SA
    5,86+0,15+2,63%
    GOAU4.SA
    16,40-0,52-3,07%
    LAME4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    10,89+1,29+13,44%
    TEKA4.SA
    4,18+0,45+12,06%
    BEES4.SA
    4,24+0,43+11,29%
    LFFE3.SA
    7,41+0,71+10,60%
    CRPG5.SA
    28,00+2,60+10,24%
    BRSR3.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    16,01-3,99-19,95%
    ITEC3.SA
    1,14-0,25-17,99%
    IGBR3.SA
    0,69-0,11-13,75%
    BBTG12.SA
    29,00-4,00-12,12%
    CEED3.SA
    3,33-0,45-11,90%
    CEDO4.SA