Mercado abrirá em 9 h 49 min
  • BOVESPA

    106.858,87
    +1.789,18 (+1,70%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.605,56
    +8,27 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,19
    +0,70 (+1,01%)
     
  • OURO

    1.779,40
    -0,10 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    50.812,94
    +1.943,34 (+3,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.314,38
    +54,22 (+4,30%)
     
  • S&P500

    4.591,67
    +53,24 (+1,17%)
     
  • DOW JONES

    35.227,03
    +646,95 (+1,87%)
     
  • FTSE

    7.232,28
    +109,96 (+1,54%)
     
  • HANG SENG

    23.633,50
    +284,12 (+1,22%)
     
  • NIKKEI

    28.321,34
    +393,97 (+1,41%)
     
  • NASDAQ

    15.870,00
    +27,25 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4238
    +0,0002 (+0,00%)
     

Inflação justifica corte antecipado de tarifa de importação, diz secretário de Comércio Exterior

·1 min de leitura

BRASÍLIA (Reuters) - O secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, Roberto Fendt, disse nesta sexta-feira que a decisão do governo de antecipar corte de 10% das tarifas de importação em negociação com o Mercosul se justifica pela urgência em lidar com a inflação acelerada.

"A razão de termos tomado essa medida agora, antes de que tenhamos um consenso entre os quatro membros do Mercosul, é a necessidade e urgência de atuar sobre a inflação", disse Fendt em entrevista à imprensa.

O corte tarifário do Brasil valerá inicialmente até 31 de dezembro de 2022, mas Fendt disse esperar que os quatro membros do Mercosul cheguem a um acordo para tornar a medida permanente para o bloco possivelmente ainda este ano.

O governo afirmou que, a pedido da Argentina, ficaram de fora da redução tarifária produtos de regimes especiais, como vestuário, calçados e lácteos, e também alguns veículos e peças automotivas.

(Por Isabel Versiani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos