Mercado abrirá em 3 h 53 min
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.838,40
    -4,20 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    39.097,75
    -2.925,28 (-6,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,66
    -70,60 (-7,09%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    24.924,83
    -27,52 (-0,11%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.752,00
    -89,00 (-0,60%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1058
    -0,0243 (-0,40%)
     

Inflação alemã bate 6% em novembro e aumenta pressão sobre BCE

·1 min de leitura
Bandeiras da União Europeia (UE) tremulam em frente à sede do Banco Central Europeu (BCE) em Frankfurt, Alemanha

BERLIM (Reuters) - A inflação dos preços ao consumidor na Alemanha acelerou mais em novembro e bateu um recorde, enquanto a maior economia da Europa luta contra a escassez de oferta e a alta dos preços da energia, mostraram dados preliminares nesta segunda-feira, aumentando a pressão para o BCE reagir à elevação dos custos.

Os preços ao consumidor, ajustados para torná-los comparáveis com os dados de inflação de outros países da União Europeia (UE), aumentaram 6,0% no comparativo anual, após acréscimo de 4,6% em outubro, informou o Escritório Federal de Estatísticas da Alemanha.

A leitura foi a mais alta registrada desde janeiro de 1997, quando a série harmonizada da UE teve início.

O índice nacional de preços ao consumidor (IPC) aumentou 5,2% com relação a um ano antes, a maior taxa desde junho de 1992.

(Por Michael Nienaber)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos