Mercado abrirá em 4 h 27 min
  • BOVESPA

    116.230,12
    +95,66 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.046,58
    +616,83 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,23
    -0,29 (-0,34%)
     
  • OURO

    1.719,50
    -11,00 (-0,64%)
     
  • BTC-USD

    20.122,29
    +176,46 (+0,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,84
    +10,41 (+2,34%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    7.013,44
    -73,02 (-1,03%)
     
  • HANG SENG

    18.087,97
    +1.008,46 (+5,90%)
     
  • NIKKEI

    27.120,53
    +128,32 (+0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.531,25
    -109,50 (-0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1553
    -0,0126 (-0,24%)
     

Inflação é preocupação crescente para alemães, mostra pesquisa

Consumidores fazem compras em Colônia, na Alemanha

BERLIM (Reuters) - Quarenta por cento dos alemães, mais do que nunca, esperam piora de sua situação financeira em um ano, mostrou uma pesquisa de opinião publicada nesta sexta-feira, destacando as preocupações das famílias com a alta inflação na maior economia da Europa.

A pesquisa para a emissora ZDF pelo Forschungsgruppe Wahlen, que entrevistou 1.389 alemães com idade para votar entre 9 e 11 de agosto, também mostrou que 49% esperavam que sua situação financeira pessoal permanecesse inalterada em um ano, com 10% esperando melhora.

Apenas 55% dos entrevistados acreditavam que sua situação financeira era boa, abaixo dos 65% no início do ano.

A inflação alemã está em 8,5%, impulsionada por uma crise de fornecimento de energia, enquanto reduções nos fluxos de gás da Rússia suscitam preocupações sobre contas ainda mais altas.

O chanceler Olaf Scholz prometeu um novo pacote de medidas na quinta-feira, incluindo alívio tributário, para ajudar as famílias com dificuldades em meio ao aumento dos preços e contas de energia mais altas.

(Por Paul Carrel)