Mercado fechará em 4 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    111.523,66
    -2.270,62 (-2,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.651,45
    -540,88 (-1,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,60
    -1,01 (-1,39%)
     
  • OURO

    1.755,00
    -1,70 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    47.517,79
    -508,98 (-1,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.206,32
    -19,21 (-1,57%)
     
  • S&P500

    4.440,50
    -33,25 (-0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.582,08
    -169,24 (-0,49%)
     
  • FTSE

    6.944,02
    -83,46 (-1,19%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2153
    +0,0305 (+0,49%)
     

Inferno será a última saga dos X-Men da atual fase de Jonathan Hickman nas HQs

·2 minuto de leitura

No comando das histórias dos X-Men desde 2019, quando fez sua estreia com Dinastia X, o autor Jonathan Hickman está deixando os mutantes para se aventurar em novas empreitadas na Marvel Comics. O roteirista, creditado por revitalizar os heróis, confirmou à Entertainment Weekly que o arco Inferno será seu último no comando desse universo.

À publicação, Hickman afirmou que o sucesso obtido com os mutantes resultou em uma grande expansão de seus planos iniciais. Com a colaboração de nomes como Vita Ayala, Gerry Duggan, Al Weing, Tini Howard, Benjamin Percy, Si Spurrier, Zeb Wells e Leah Williams, entre outros, ele conseguiu ir muito além de sua ideia inicial, que envolvia a criação de uma narrativa marcada por três grandes eventos que seriam divididos em três atos.

Imagem: Divulgação/Marvel Entertainment
Imagem: Divulgação/Marvel Entertainment

“Eu avisei à Marvel em adiantado que eu honestamente não tinha ideia de quanto a primeira parte ia durar porque havia muitas ideias interessantes que eu havia plantado que outros criadores iam querer brincar, e então deixamos isso com um final aberto”, explicou Hickman. “Também fui muito transparente com os outros escritores que chegavam ao escritório qual era o plano inicial em três atos, para que ninguém se surpreendesse quando fosse hora da história mudar."

Hickman comandará outros projetos

O autor explica que, desde que os arcos Dinastia X e Potências de X foram concluídos em 2019, começou a deixar aos poucos o controle criativo sobre o universo dos X-Men. Com isso, ele começou a se focar em novos projetos tanto fora quanto dentro da editora — além de criar uma newsletter própria na plataforma Substack, ele atualmente trabalha em 3 Moons, 3 Worlds junto aos artistas Mike Del Mundo e Mike Huddleston.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Hickman explicou que seu contrato com a editora não prevê somente a criação de quadrinhos mensais, mas também de histórias com alcance maior. “Em um esforço para facilitar as duas coisas, passamos os últimos seis meses, mais ou menos, reorientando a linha, eu criando Inferno para ajudar com isso, e então trazendo novos escritores para somar ao time atual, e então planejando os próximos anos dos livros-X”, explicou o autor.

Antes de se despedir (ao menos temporariamente) dos mutantes, o roteirista ainda vai comandar o arco Inferno, que evoca uma fase famosa dos anos 1990 e se inicia em setembro nos Estados Unidos. Nele, a mutante Mística descobre as manipulações de Magneto e Charles Xavier e decide destruir a ilha de Krakoa e todos que se opuserem a ela. A série limitada terá quatro edições e contará com roteiros de Hickman e artes de Valerio Schiti.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos