Mercado abrirá em 2 h 3 min
  • BOVESPA

    116.464,06
    -916,43 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,56
    -72,95 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,92
    +0,31 (+0,59%)
     
  • OURO

    1.844,60
    -6,30 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    31.197,24
    -668,34 (-2,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    626,57
    -13,35 (-2,09%)
     
  • S&P500

    3.849,62
    -5,74 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    30.937,04
    -22,96 (-0,07%)
     
  • FTSE

    6.656,30
    +2,29 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    29.297,53
    -93,73 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.635,21
    +89,03 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.548,25
    +62,75 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5096
    -0,0012 (-0,02%)
     

Infectado com o novo coronavírus, Bolsonaro passa a maior parte do dia isolado em um quarto do Palácio da Alvorada

Extra
·2 minuto de leitura
Bolsonaro alimenta emas no gramado do Palácio da Alvorada

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que deve fazer nesta terça-feira um novo exame para saber se continua com o novo coronavírus, uma semana depois de ser diagnosticado com a Covid-19. Se estiver “tudo bem”, ele disse que voltará ao trabalho no Palácio do Planalto.

— Amanhã (hoje) está previsto, não sei se vai se confirmar, um novo exame. E se estiver tudo bem, a gente volta ao trabalho. Caso contrário, espera mais alguns dias — declarou Bolsonaro, em entrevista por telefone à CNN Brasil.

O presidente disse estar “muito bem” e relatou que só teve “um pequeno problema” na segunda-feira da semana passada, “com a temperatura a 38 graus, um pouco de mal-estar, canseira, um pouco de dor no fundo dos olhos”. Em seguida, ele voltou a dizer que foi medicado com hidroxicloroquina, medicamento que não teve a eficácia cientificamente comprovada para o tratamento da Covid-19.

— Eu não aguento essa rotina de ficar dentro de casa. É horrível. No mais, tudo bem. Aqui estamos despachando, por videoconferência o tempo todo, e estamos fazendo o possível aí para não deixar nada acumular nesses dias que eu estou aqui no Alvorada — afirmou Bolsonaro, que disse estar isolado num cômodo da residência oficial. — Eu tô num quarto aqui, bastante grande aqui no Palácio da Alvorada. Não vou dizer qual é o quarto. mas tem um quarto que é só meu. Eu tô sozinho lá, quando não estou despachando.

Bolsonaro afirmou ainda que não sentiu perda do paladar, um dos sintomas relatados por muitos pacientes com o novo coronavírus, e que tem almoçado e jantado “sem problemas”. O presidente disse que não teve dificuldade para respirar e que “gostaria até de dar uma caminhada”, mas foi recomendado a não fazê-lo. Ontem, ele foi fotografado alimentando emas no gramado do Palácio da Alvorada.