Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.220,83 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,61 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    43.778,83
    -3.294,90 (-7,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,63 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,99 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,29 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7495
    +0,0106 (+0,16%)
     

Inep corrige duas respostas do gabarito oficial do Enem

Marcelo Brandão
·2 minuto de leitura

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alterou hoje (28) a resposta de duas questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A questão de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias trazia um texto em inglês, trecho do romance Americanah, da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie. O gabarito divulgado ontem afirmava que a resposta correta era a alternativa D. Hoje, o Inep fez a correção para a alternativa C.

A questão gerou polêmica. O texto mostra um diálogo entre uma mulher negra e sua cabeleireira. Na conversa, a cabeleireira pergunta porque a mulher não alisa o cabelo e a cliente responde “eu gosto do meu cabelo do jeito que Deus o fez”. A questão perguntava sobre o posicionamento da cliente. O primeiro gabarito divulgado dizia que a resposta correta era a letra D, em que se afirmava que a postura da mulher “demonstrava uma postura de imaturidade”.

Candidatos chegaram a chamar atenção nas redes sociais para a questão e um suposto cunho racista do gabarito. Pouco depois, o Inep divulgou a correção com a resposta correta: “[os argumentos da cliente] revelam uma atitude de resistência”.

Confira aqui o gabarito oficial das provas do primeiro dia do Enem

Outra alteração veio numa questão também de Linguagens. A questão apresentava um texto sobre um software que faz uma pré-seleção de pessoas que devem se submeter a uma entrevista para ingressar numa faculdade de medicina britânica. De acordo com o texto, esse software excluía pessoas do processo seletivo apenas pelo sobrenome e local de nascimento. Em seguida, o texto diz que ao buscar nomes de pessoas negras norte-americanas, há maior probabilidade de anúncios automáticos oferecerem checagem de antecedentes.

A questão perguntava qual alternativa era correta para completar a frase: “O texto permite o desnudamento da sociedade ao relacionar as tecnologias de informação e comunicação com o(a)”. A resposta divulgada no primeiro gabarito foi a alternativa C, “linguagem”. Hoje, o Inep corrigiu e a alternativa correta é a D, “preconceito”.

Inep explicou

Em nota, o Inep explicou que após a divulgação dos gabaritos “foi identificada uma inconsistência no material” e que a modificação feita no gabarito antes da sua divulgação não havia sido salva no banco de dados. Os gabaritos corrigidos já estão disponíveis no site do instituto