Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.249,52
    +2.226,78 (+5,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Indígenas lançarão NFTs para custear necessidades de povos originários

·2 minuto de leitura
Garoto indígena brasileiro. (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
Garoto indígena brasileiro. (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
  • Novo projeto lançará NFTs de arte indígena.

  • Dinheiro dos tokens será usado para custear necessidades de povos originários.

  • Projeto afirma ser “primeira galeria digital de arte em NFT dos povos originários do mundo”.

Uma nova iniciativa promete criar a “primeira galeria digital de arte em NFT dos povos originários do mundo”. Arte produzida por indígenas brasileiros, como música e peças de arte visual, será registrada numa blockchain ainda não revelada, para ser vendida como tokens não-fungíveis, os NFTs.

Leia também:

A parceria é uma iniciativa do portal BrasilNFT, que a divulgou em sua página no Twitter. Segundo a página, o dinheiro obtido com a venda dos NFTs será revertido para custear as necessidades mais urgentes desses povos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

“Representantes das etnias Guajajara, Bororo, Fulni-ô, Guarani Mbya e o Coletivo OCA(Observatório Cultural das Aldeias Artesãs) - que reúne diversos povos - se organizaram com os fundadores do BrasilNFT para lançar o NFTribos”, diz o comunicado.

“Artes indígenas serão digitalizadas e transformadas em NFTs e o lucro será totalmente revertido para os artistas e os povos originários. As peças são as mais diversas: artesanato, música, audiovisual. Os compradores levam o NFT e, na maioria dos casos, também uma arte física com um chip único, com conteúdos extras como a história da etnia e a importância da luta dos povos originários na defesa do planeta, por exemplo.”

“O dinheiro levantado servirá para obras de infraestrutura, recursos de saúde, alimentos, itens de higiene, segurança, educação; a decisão do investimento fica a cargo das lideranças indígenas, de acordo com as necessidades mais urgentes de cada comunidade.”

NFTs

Os NFTs são uma espécie de “certificado de autenticidade” e de propriedade digital, que podem ser atribuídos a um determinado arquivo, seja ele um vídeo, uma imagem, ou clipe de música.

Esses certificados “existem” na blockchain, a mesma tecnologia que garante as autenticidades e controle dos bitcoins e outras criptomoedas.

Ou seja, esse sistema garante que um determinado arquivo seja único na rede, e não possa ser multiplicado indefinidamente, como geralmente ocorre em redes de troca de arquivo, por exemplo.

Isso confere um “status” a quem possui esse arquivo original, de forma semelhante ao que ocorre com obras de arte no mundo físico.

Quem possuir, por exemplo, um determinado arquivo de arte digital da cantora Grimes, esposa de Elon Musk, que tem usado a tecnologia dos NFTs, autenticado via tecnologia de NFT, será conhecido como único dono (ou um dos únicos, dependendo da quantidade de cópias autorizada pelo autor) daquele item na blockchain.

Complexo? Nem tanto. É só pensar como uma analogia para a lógica de propriedade, e de status, conferidas a quem negocia obras de arte no mundo físico. Por mais que possam existir cópias de pinturas de um determinado autor, o original sempre valerá (muito) mais.

Como garantir essa autenticidade no mundo digital? Usando tecnologia blockchain para fazer e controlar (em caso de transferência) o registro.

Até agora, Grimes já vendeu mais de R$ 34 milhões em artes digitais autenticadas com a tecnologia de NFT.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos