Mercado fechará em 3 mins
  • BOVESPA

    130.034,02
    -173,94 (-0,13%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.940,14
    -89,40 (-0,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,23
    +1,35 (+1,90%)
     
  • OURO

    1.860,00
    -5,90 (-0,32%)
     
  • BTC-USD

    39.932,18
    +329,54 (+0,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    994,72
    -15,89 (-1,57%)
     
  • S&P500

    4.246,38
    -8,77 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    34.296,92
    -96,83 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    -203,60 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.441,30
    +279,50 (+0,96%)
     
  • NASDAQ

    14.041,75
    -83,00 (-0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1140
    -0,0175 (-0,29%)
     

Indicador de incerteza da economia brasileira recua em maio

·1 minuto de leitura

O Indicador de Incerteza da Economia brasileira, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu 9,5 pontos de abril para maio deste ano. Com o resultado, o índice chegou a 119,9 pontos e está apenas 4,8 pontos acima do nível de fevereiro de 2020, último mês antes da chegada das medidas restritivas adotadas para combater a pandemia de covid-19 no país.

Segundo a FGV, o componente mídia, construído a partir da frequência de menções à incerteza na imprensa, caiu 8,4 pontos e chegou a 117 pontos.

Já o componente de Expectativas, baseado nas previsões de analistas econômicos para os próximos 12 meses, recuou 9,8 pontos e atingiu 123,4 pontos.

Os dois componentes estão ainda acima do nível pré-pandemia. “A continuidade das campanhas de imunização associada à ligeira melhora dos números da pandemia no Brasil em maio e à reabertura gradual de diversas economias mundiais parecem ter contribuído para a segunda queda consecutiva do nível de incerteza. Apesar disso, o indicador permanece acima do nível médio de 115 pontos vigente entre 2015 e 2019”, explica a economista da FGV Anna Carolina Gouveia.

Ouça na Radioagência Nacional:

Confira outras notícias da Radioagência Nacional.