Mercado abrirá em 8 h 24 min
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,14
    -0,01 (-0,02%)
     
  • OURO

    1.739,20
    +2,90 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    63.355,75
    -231,06 (-0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.380,78
    +5,01 (+0,36%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.939,58
    +49,09 (+0,71%)
     
  • HANG SENG

    28.623,90
    -276,93 (-0,96%)
     
  • NIKKEI

    29.650,24
    +29,25 (+0,10%)
     
  • NASDAQ

    13.816,00
    +17,25 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7693
    -0,0036 (-0,05%)
     

Indústria vai pedir alívio na conta de energia para baratear produção na pandemia

JOANA CUNHA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A CNI (Confederação Nacional da Indústria) vai ao governo pedir isenção de tributos federais e encargos setoriais que incidem sobre a conta de luz. A proposta da entidade é que a isenção dure 90 dias para reduzir os custos de produção na fase mais crítica da pandemia e, no período, o repasse aos estados seria feito pela União. Pelos cálculos da CNI, o benefício reduziria em cerca de 25% o preço da energia.