Mercado fechará em 5 h 13 min
  • BOVESPA

    129.842,38
    +1.074,93 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.269,42
    +139,54 (+0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,90
    +1,05 (+1,44%)
     
  • OURO

    1.792,70
    +15,30 (+0,86%)
     
  • BTC-USD

    34.211,52
    +4.709,09 (+15,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    823,03
    +12,83 (+1,58%)
     
  • S&P500

    4.249,91
    +3,47 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.935,37
    -10,21 (-0,03%)
     
  • FTSE

    7.110,40
    +20,39 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.281,25
    +23,00 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9484
    +0,0286 (+0,48%)
     

Indústria de máquinas e equipamentos tem queda de vendas em abril ante março, diz Abimaq

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O setor de máquinas e equipamentos do Brasil teve queda de 3,8% na receita líquida em abril ante março, mas o faturamento saltou 72,2% ante abril do ano passado, quando a economia do país ficou paralisada após as primeiras medidas de isolamento social adotadas contra a chegada da pandemia de Covid-19 ao país.

Segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela associação que representa o setor, Abimaq, a receita líquida dos fabricantes de máquinas somou 16,6 bilhões de reais em abril.

Os pedidos em carteira subiram 2,3% em abril ante março e 32,4% sobre um ano antes, para 12,3 semanas, segundo a entidade, que afirmou que o nível de utilização de capacidade de produção do setor subiu para 76,2% no mês passado.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos