Mercado abrirá em 2 h 54 min
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,73
    -0,04 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.853,60
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    31.909,19
    -459,10 (-1,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    645,61
    -31,29 (-4,62%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.677,19
    +38,34 (+0,58%)
     
  • HANG SENG

    29.391,26
    -767,75 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.546,18
    -276,11 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.442,50
    -33,00 (-0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6920
    +0,0558 (+0,84%)
     

Inauguração de atacadão no Rio gera aglomeração e confusão entre clientes

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Inauguração do atacado Tubarão provocou aglomeração e confusão entre os clientes. (Foto: Reprodução/YouTube)
Inauguração do atacado Tubarão provocou aglomeração e confusão entre os clientes. (Foto: Reprodução/YouTube)

A inauguração da filial de Bangu do Tubarão Atacadão, no Rio de Janeiro, causou confusão na última sexta-feira (18). Com longas filas e aglomerações de pessoas sem máscaras, o evento foi bastante repercutido nas redes sociais.

Vídeos publicados na internet mostram muito empurra-empurra, pessoas se desentendendo por produtos e gente aglomerada e sem máscara, ignorando completamente as recomendações de prevenção à Covid-19.

Confira o vídeo:

De panela de pressão a cadeira de praia, a briga pelos descontos especiais da inauguração fez com que os ânimos se exaltassem em algumas situações. O ocorrido gerou críticas entre alguns usuários nas redes sociais.

Leia também

Esta não é a primeira vez que a inauguração de uma loja do Tubarão Atacadão causa confusão. Na abertura da filial de Taquara, também no Rio, em agosto, chamou a atenção os descumprimentos das medidas de prevenção ao coronavírus por parte dos clientes.

Na ocasião, a assessoria da empresa garantiu que cumpria as normas, mas que ocorreu um “acúmulo inesperado de pessoas”.