Inadimplência com cheques diminui 3,40% no mês de novembro

SÃO PAULO - A inadimplência com cheques teve recuo de 3,40% em novembro, na comparação com o mesmo período de 2011. Dos cheques transacionados no penúltimo mês do ano, 2,84% ficaram inadimplentes, enquanto em novembro do ano passado, o índice foi de 2,94%. É o que revela a pesquisa da Telecheque, divulgada nesta sexta-feira (14).

Entre as principais causas dos atrasos na liquidação, a que mais se destaca é a falta de fundos, com 75,7%. Em seguida, aparecem os cheques sustados (9,15%), roubados/furtados (3,87%), fraudados (1,41%) e outros motivos (9,86%).

Por regiões
Considerando as regiões do Brasil, o Norte ficou em 1º lugar no mês de novembro, com índice de inadimplência de 4,54% dos valores. O Nordeste vem em seguida, com 3,63%, o Centro Oeste em 3º lugar com 2,63%, o Sudeste em quarto com 2,62%; a região Sul em último, com 2,19% de inadimplência.

Ticket médio
A Telecheque também revelou que o valor médio dos cheques utilizados nas compras subiu 18,23% na comparação anual, passando de R$ 308,17 para R$ 364,35.

Carregando...