Mercado fechará em 50 mins
  • BOVESPA

    119.579,36
    -1.662,27 (-1,37%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.609,36
    -848,66 (-1,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,97
    +0,61 (+1,17%)
     
  • OURO

    1.842,10
    +12,20 (+0,67%)
     
  • BTC-USD

    37.090,69
    +648,96 (+1,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    734,34
    +19,14 (+2,68%)
     
  • S&P500

    3.801,78
    +33,53 (+0,89%)
     
  • DOW JONES

    30.987,82
    +173,56 (+0,56%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.642,28
    +779,51 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    28.633,46
    +391,25 (+1,39%)
     
  • NASDAQ

    12.956,25
    +154,00 (+1,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4891
    +0,0938 (+1,47%)
     

Início de construção de novas moradias nos EUA avança em novembro

·1 minuto de leitura

WASHINGTON (Reuters) - O início de construção e autorizações de novas moradias nos Estados Unidos aumentaram solidamente em novembro, apontando para a força sustentada do mercado imobiliário mesmo com a recuperação econômica desacelerando em meio a um ressurgimento de novos casos de Covid-19 e falta de auxílio governamental adicional.

O início de construção de moradias cresceu 1,2%, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 1,547 milhão de unidades no mês passado, disse o Departamento de Comércio nesta quinta-feira. Isso elevou a construção residencial para mais perto de seu ritmo de 1,567 milhão de unidades registrado fevereiro.

Economistas consultados pela Reuters previam uma taxa de 1,530 milhão de unidades em novembro.

A construção de novas moradias saltou 12,8% na comparação anual.