Mercado fechado

Início de construção de novas moradias nos EUA cai em janeiro

·1 minuto de leitura

WASHINGTON (Reuters) - A construção de novas moradias nos Estados Unidos caiu mais do que o esperado em janeiro em meio à disparada nos preços da madeira, embora um aumento nas licenças para construção futura sugira que o mercado imobiliário continua sendo sustentado por estoques magros e taxas de hipoteca historicamente baixas.

O início de construção de moradias caiu 6,0%, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 1,580 milhão de unidades no mês passado, disse o Departamento de Comércio dos EUA nesta quinta-feira.

Economistas consultados pela Reuters previam que a leitura cairia para 1,658 milhão de unidades em janeiro. A construção residencial recuou 2,3% na comparação anual.

As permissões para futuras construções saltaram 10,4%, para uma taxa de 1,881 milhão de unidades em janeiro. As permissões em geral se tornam início de construções em um a dois meses.

(Por Lucia Mutikani)