Mercado abrirá em 3 h 54 min
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,96
    -2,13 (-2,31%)
     
  • OURO

    1.799,00
    -16,50 (-0,91%)
     
  • BTC-USD

    24.057,06
    -609,88 (-2,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    571,84
    +0,56 (+0,10%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.512,92
    +12,03 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.871,78
    +324,80 (+1,14%)
     
  • NASDAQ

    13.517,75
    -60,00 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1906
    -0,0129 (-0,25%)
     

Inédito! Cientistas encontram anaconda mutante em Belém

Cientistas brasileiros fizeram o registro inédito de uma anaconda mutante. A cobra da espécie Eunectes murinus chamou atenção por uma anomalia genética chamada xantismo, que altera a pigmentação e torna a pele amarelada, atrapalhando a camuflagem.

A anaconda (também chamada de sucuri-verde) mutante, encontrada em Belém no ano de 2020 pelo Batalhão de Polícia Ambiental de Belém (PA), mede cerca de 2,5 metros e pesa sete quilos. No entanto, o artigo com o registro científico foi publicado nesta semana, na plataforma Herpetological Review.

Os cientistas citam casos de xantismo já conhecidos em outras espécies, como cascavéis. No entanto, é a primeira vez que se tem registro de uma sucuri-verde com essas condições.

Conforme relembram os autores do estudo, normalmente, uma anaconda apresenta cor verde oliva ou marrom, com manchas dorsais e ocelos laterais, além de listras cefálicas marrons, vermelhas ou laranjas. A espécie costuma habitar a região Neotropical, como a floresta Amazônica, Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica.

Anaconda amarela mutante, com xantismo (Imagem: Meneses et al., 2022/Herpetological Review)
Anaconda amarela mutante, com xantismo (Imagem: Meneses et al., 2022/Herpetological Review)

Os especialistas ressaltam que as cobras dessa espécie estão presentes tanto na água quanto no solo, e a dieta inclui peixes, sapos, lagartos, outras cobras, jacarés, aves e mamíferos. De uma só vez, podem nascer de 20 a 40 sucuris.

Após ter sido resgatada, a anaconda amarela mutante foi levada para o Centro de Herpetologia da Amazônia. A ideia é que o animal seja estudado e contribua para que os cientistas saibam cada vez mais a respeito dessa mutação genética rara.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos