Mercado abrirá em 8 h 13 min
  • BOVESPA

    106.858,87
    +1.789,18 (+1,70%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.605,56
    +8,27 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,03
    +0,54 (+0,78%)
     
  • OURO

    1.779,20
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    50.894,54
    +1.857,85 (+3,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.314,86
    +54,70 (+4,34%)
     
  • S&P500

    4.591,67
    +53,24 (+1,17%)
     
  • DOW JONES

    35.227,03
    +646,95 (+1,87%)
     
  • FTSE

    7.232,28
    +109,96 (+1,54%)
     
  • HANG SENG

    23.669,66
    +320,28 (+1,37%)
     
  • NIKKEI

    28.282,01
    +354,64 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    15.856,50
    +13,75 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4274
    +0,0038 (+0,06%)
     

Imunocomprometidos poderão tomar quarta dose da vacina em 2022 nos EUA

·1 min de leitura

Em alguns lugares, a vacinação contra covid-19 já chegou numa etapa em que se está colocando em prática a terceira dose. Nos EUA, algumas pessoas com sistema imunológico enfraquecido já vêm tomando essa dose de reforço, inclusive. E em 2022, o plano é que esses pacientes imunocomprometidos tomem a quarta dose. A informação vem do próprio Centro de Controle de Doenças e Prevenção (CDC).

Foi no mês de agosto que os reguladores federais liberaram uma terceira dose das vacinas Pfizer-BioNTech e Moderna para pacientes imunocomprometidos, com um intervalo de 28 dias entre a segunda injeção e a terceira. Ainda não há uma data oficial para a quarta dose, mas estima-se que essas pessoas possam obtê-la a partir de fevereiro.

O CDC também recomenda que adultos imunocomprometidos que receberam a vacina de dose única da Janssen (Johnson & Johnson) recebam outra dose pelo menos dois meses depois.

(Imagem: e_mikh/envato)
(Imagem: e_mikh/envato)

As novas diretrizes do CDC destacam a possibilidade de uma dose de reforço para muitas pessoas imunocomprometidas, incluindo aquelas em quimioterapia, se recuperando de um transplante de órgão sólido ou enfrentando certos outros problemas médicos, como a infecção pelo HIV. A atualização também determina que a quarta dose da Moderna deveria ter metade da quantidade de uma dose normal.

Vale lembrar que a Organização Mundial da Saúde já manifestou apoio sobre doses adicionais para pessoas com sistema imunológico enfraquecido.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos