Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.320,73
    +4.019,42 (+7,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Imunidade híbrida! Quem já teve covid-19 precisa se vacinar?

·2 minuto de leitura

No mundo, vacinas contra o coronavírus SARS-CoV-2 são amplamente recomendas e incentivadas, inclusive para aquelas pessoas que já contraíram a covid-19. Para alguns, ter os anticorpos naturais contra a doença pode parecer o suficiente, mas novos estudos apontam para uma imunidade turbinada — conhecida como imunidade híbrida — contra o agente infeccioso, quando se combina imunizantes e a infecção prévia.

Ao se combinar a imunidade natural de uma infecção com a imunidade fornecida pela vacina, o indivíduo parece ter uma proteção mais robusta do que a que foi obtida apenas com a infecção ou com vacinação sozinha. É o que apontam recentes estudos sobre o tema.

Pesquisas comprovam benefícios da vacinação mesmo para quem já foi infectado pelo coronavírus (Imagem: Reprodução/Denis Jung/Unsplash)
Pesquisas comprovam benefícios da vacinação mesmo para quem já foi infectado pelo coronavírus (Imagem: Reprodução/Denis Jung/Unsplash)

“Há, realmente, um aumento dramático na imunidade em pessoas que já foram infectadas e que receberem pelo menos uma dose da vacina”, afirmou Shane Crotty, professor do Instituto de Imunologia de La Jolla, na Califórnia. “Contra algumas das variantes de preocupação [VOCs], os níveis de anticorpos são, literalmente, 100 vezes melhores após a vacinação do que antes para alguém com imunidade natural”, pontua Crotty.

Estudos sobre a imunidade híbrida contra a covid

Para avaliar a imunidade híbrida, inúmeros estudos já foram realizados nos Estados Unidos. Este é o caso da pesquisa desenvolvida por Fikadu Tafesse, professor da Universidade de Saúde e Ciência de Oregon. No estudo publicado na plataforma medRxiv, os pesquisadores observaram que a vacinação desencadeou o aumento dos níveis de anticorpos neutralizantes contra diferentes variantes do coronavírus em pessoas que foram infectadas previamente.

“Você obterá melhor proteção ao ser vacinado”, defende Tafesse. Além disso, o professor lembra as proteções provavelmente, serão reduzidas meses após um caso positivo da covid-19. Dessa forma, algumas pessoas estarão mais expostas a um caso de reinfecção, em situações em que optaram por não se imunizarem.

“Os níveis de anticorpos são, realmente, variáveis ​​após a recuperação de infecções”, complementa Deepta Bhattacharya, professor da Universidade do Arizona. “Depois de uma única dose [da vacina] em pessoas que se recuperaram da covid-19, os anticorpos dispararam, incluindo aqueles que neutralizam as variantes de preocupação”, explicou.

Em estudo desenvolvido por pesquisadores do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), foi possível descobrir que entre aquelas pessoas que já haviam sido infectadas, a vacinação reduziu o risco de reinfecção em mais de duas vezes. Após chegarem a essa evidência, os autores recomendam: "Para reduzir a probabilidade de infecção futura, todas as pessoas elegíveis devem receber a vacina da COVID-19, mesmo aquelas com infecção anterior por SARS-CoV-2".

Para ver o estudo completo da Universidade de Saúde e Ciência de Oregon, clique aqui. Para acessar a pesquisa do CDC, acesse aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos