Mercado abrirá em 8 h 45 min
  • BOVESPA

    109.401,41
    -2.522,52 (-2,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.799,46
    -434,91 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,63
    +0,70 (+0,91%)
     
  • OURO

    1.785,00
    +3,70 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.042,59
    -219,03 (-1,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    402,96
    -8,26 (-2,01%)
     
  • S&P500

    3.998,84
    -72,86 (-1,79%)
     
  • DOW JONES

    33.947,10
    -482,78 (-1,40%)
     
  • FTSE

    7.567,54
    +11,31 (+0,15%)
     
  • HANG SENG

    19.344,42
    -173,87 (-0,89%)
     
  • NIKKEI

    27.902,11
    +81,71 (+0,29%)
     
  • NASDAQ

    11.825,00
    +19,25 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5393
    +0,0059 (+0,11%)
     

Imposto de Renda: veja como declarar seu automóvel

Confira como declarar seu Imposto de Renda corretamente para não cair nas garras do Leão
Confira como declarar seu Imposto de Renda corretamente para não cair nas garras do Leão
  • O contribuinte pode se encontrar em diversas situações, como ter financiado ou vendido o veículo;

  • Época do Imposto de Renda vai até o dia 29 de abril;

  • Confira o passo a passo.

A época de declaração do Imposto de Renda termina só daqui a um mês, dia 29 de abril. No entanto, é sempre melhor ao menos começá-la com antecedência para verificar corretamente as informações e fazer com calma, para não cair na malha fina na Receita Federal.

Antes de tudo, é preciso saber se você deve realizar a declaração. Ela é obrigatória para todos que receberam rendimentos tributáveis maiores que R$ 28.557,70 no ano passado, quem obteve ganho de capital pela alienação de bens e direitos, quem negociou em bolsas de valores e quem recebeu rendimentos isentos acima de R$ 40 mil, ou ainda quem tem bens com valor acima de R$ 300 mil.

Se você se encaixa nessa categoria, e já possui ou comprou um em 2021 como um carro ou uma moto (os que compraram neste ano não precisam declarar o veículo até o ano que vem), será necessário declarar também esse bem. Nessa hora, muitos perguntam: mas onde? como? Segue abaixo o passo a passo em como declarar seu automóvel.

Como declarar carro e moto no IRPF 2022

  1. Primeiramente vá até a ficha de "Bens e Direitos"

  2. Clique em "Novo"

  3. Selecione o Item 2 - Bens móveis"

  4. Em Código selecione "1 - veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc"

  5. Preencha o campo de localização, provavelmente será p código 105 - Brasil.

  6. Por fim coloque o número do RENAVAM do veículo

Agora é que as coisas podem mudar caso a caso, como se você vendeu o veículo em 2021, ou se ele é financiado.

Comprei o automóvel em 2021

Digamos que esse é um veículo comprado em 2021. Em “Discriminação” escreva a marca, o modelo, o ano de fabricação e a placa do veículo, além do CPF ou CNPJ do vendedor. Em situação em 31/12/2020 deixe zerado. Em situação 31/12/2021 coloque o valor pago, que deverá ser repetido de agora em diante para todos os anos que estiver com esse carro ou moto.

Já tinha o carro desde, pelo menos, 2020

Se você já tinha o carro, basta repetir as informações colocadas no ano anterior. É possível importar a sua declaração do ano passado, de modo que essas informações já fiquem disponíveis.

Vendi o carro em 2021

Para quem vendeu o carro em 2021, será necessário colocar o CPF ou CNPJ de quem comprou o veículo, além do valor de compra e data da venda. Nas situações, em 2020 coloque o valor pelo qual comprou ele, em 2021 deixe zerado, mostrando que você não é mais dono do carro.

Comprei o carro financiado em 2021

Caso tenha comprado um carro financiado em 2021 será preciso incluir na discriminação os detalhes da transação, como o nome instituição financeira, o CNPJ, o número do contrato, o valor financiado e o número de prestações, além do valor pago de entrada e a quantidade de prestações pagas em 2021.

No campo das situações, em 2020 o valor é zerado, já em 2021 deve ser colocado apenas o valor pago até então, isto é, entrada mais parcelas.

Comprei o carro financiado antes de 2021 e ainda não terminei de pagar

Se já tinha o veículo, mas ainda está financiado, o procedimento é o mesmo, mas deverá somar o valor das parcelas pagas em 2021 com o valor que já havia sido pago em 2020.