Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.256,22
    -244,99 (-1,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Imposto de Renda 2022: documentos, como fazer, qual o prazo e mais dúvidas

·4 min de leitura
Objetivo do Imposto de Renda é fazer com que as pessoas comprovem ao governo seus ganhos e bens
Objetivo do Imposto de Renda é fazer com que as pessoas comprovem ao governo seus ganhos e bens
  • Imposto de Renda tem algumas especificidades, como quem deve declarar

  • Quem tiver uma renda tributável anual acima de R$ 28.559,70 deve declarar

  • Declaração do Imposto de Renda 2022 começa em 1º de março e termina em 30 de abril

O Imposto de Renda é um tributo federal cobrado anualmente sobre os ganhos de pessoas e empresas. A declaração ocorre nos primeiros meses do ano, entre os meses de março e abril. Quanto ao valor a ser pago, este varia de acordo com os rendimentos declarados.

O principal objetivo do Imposto de Renda é fazer com que as pessoas que se encaixam nas regras de obrigatoriedade comprovem ao Governo Federal seus ganhos e bens do ano anterior.

O tema gera inúmeras dúvidas entre os brasileiros. Isso ocorre quando não há informações necessárias quanto a detalhes e regras básicas.

A seguir, listamos 6 das principais questões sobre o Imposto de Renda 2022, confira:

  • Qual a documentação necessária?

  • Quem deve declarar o Imposto de Renda 2022?

  • Qual a diferença entre IRPF e IRPJ?

  • Como saber se estou isento da declaração?

  • Qual o prazo para declarar?

  • Como fazer a declaração do IR?

Qual a documentação necessária?

O contribuinte precisa reunir os comprovantes de gastos, ganhos e rendimentos obtidos em 2021, como despesas de plano de saúde, casa, veículos, escola e faculdade, pagamentos de pensão alimentícia, entre outros.

Além disso, é importante disponibilizar as seguintes informações:

  • Dados atualizados da conta bancária para restituição ou débitos de imposto apurado;

  • Nome, CPF, grau de parentesco dos dependentes e data de nascimento;

  • Endereço atualizado;

  • Cópia da última Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (completa) entregue;

  • Atividade profissional exercida atualmente.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2022?

As pessoas obrigadas a declarar o Imposto de Renda em 2022 são:

  • Tiveram uma renda tributável anual acima de R$ 28.559,70;

  • Rendimentos não tributáveis acima de R$ 40.000;

  • Acesso à alienação de bens, bolsa de valores ou similares;

  • Recebeu um valor anual acima de R$ 300 mil contabilizando todos os bens;

  • Pessoas que realizaram venda de imóveis;

  • Trabalhadores em atividades rurais que tem renda anual superior a R$ 142.798,50.

Qual a diferença entre IRPF e IRPJ?

  • A tributação do Imposto de Renda se divide em duas categorias, são elas:

  • Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF): esse tributo é direcionado para pessoas físicas que tiveram um rendimento em 2021 superior a R$ 28.559,70.

  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ): esse tributo é exclusivo para empresas, corporações e grupos empresariais. O cálculo é feito com base no lucro do ano anterior, que pode ser real, presumido ou arbitrado.

Como saber se estou isento da declaração?

Algumas pessoas e empresas estão isentas de tributação, ou seja, não são obrigadas a fazer a declaração de Imposto de Renda. Veja a seguir quem está isento:

  • Pessoas que não se enquadram nos critérios de obrigatoriedade

  • Dependentes cujo os rendimentos e bens já foram listados na declaração de outra pessoa física;

  • Pessoas que tiveram posse ou propriedade de bens de direito, quando os bens comuns já forem declarados pelo cônjuge, desde que o valor total não ultrapasse R$ 300.000 até 31 de dezembro do ano a ser declarado

  • Pessoas com as seguintes doenças: tuberculose ativa, cardiopatia grave, neoplasia maligna, nefropatia grave, AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), paralisia irreversível e incapacitante, doença de Paget em estados avançados, espondiloartrose anquilosante, esclerose múltipla, fibrose cística, hanseníase, contaminação por radiação, hepatopatia grave, cegueira (inclusive monocular) e alienação mental.

Qual o prazo para declarar?

Tradicionalmente, o prazo é de 60 dias, começando em 1º de março e encerrando em 30 de abril.

6. Como fazer a declaração do IR?

A Receita Federal disponibiliza tanto para pessoas físicas quanto para empresas programas gratuitos e online para a realização da declaração do Imposto de Renda. A seguir o passo a passo para quem pretende elaborar o IR pelo computador:

1º: Acesso o site da Receita Federal
2º: Selecione a opção para instalar o programa Meu Imposto de Renda e realizar o preenchimento online no e-CAC
3º: Ao finalizar o processo, confira todos os dados informados
4º Selecione o regime de tributação e verifique o imposto a pagar ou a restituir. Se estiver tudo correto, envie a declaração clicando no botão “Entregar Declaração”.

Declaração via aplicativo Meu Imposto de Renda:

1º Baixe o app Meu Imposto de Renda na loja de aplicativos do seu smartphone
2º Depois de instalado, clique em enviar “Criar nova declaração”
3º Faça o preenchimento dos campos em aberto
4º Verifique se está tudo certo e envie sua declaração.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos