Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.909,61
    +2.127,46 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.174,06
    -907,27 (-1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,70
    +0,50 (+0,64%)
     
  • OURO

    1.762,40
    -1,30 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    16.454,94
    +243,12 (+1,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    389,69
    +0,96 (+0,25%)
     
  • S&P500

    3.957,63
    -6,31 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    33.852,53
    +3,07 (+0,01%)
     
  • FTSE

    7.512,00
    +37,98 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    18.204,68
    +906,74 (+5,24%)
     
  • NIKKEI

    28.027,84
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    11.500,50
    -24,25 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4518
    -0,0974 (-1,76%)
     

Importações e exportações da China sofrerão pressão maior no 4º tri, diz Ministério do Comércio

Porto de Xangai

PEQUIM (Reuters) - As importações e exportações da China enfrentarão maior pressão no quarto trimestre, devido à demanda externa insuficiente, disse o porta-voz do Ministério do Comércio, Shu Jueting, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

A segunda maior economia do mundo teve uma contração inesperada nas exportações e importações em outubro, a primeira queda simultânea desde maio de 2020, quando uma tempestade perfeita de restrições contra a Covid-19 e riscos de recessão global prejudicaram a demanda e obscureceram ainda mais as perspectivas para a economia que já passa por dificuldades.

(Reportagem da redação de Pequim)