Mercado abrirá em 3 h 36 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,04
    +1,47 (+1,34%)
     
  • OURO

    1.828,10
    +3,30 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    21.149,05
    -296,09 (-1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    461,72
    -0,08 (-0,02%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.340,19
    +81,87 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.124,75
    +84,25 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5345
    -0,0096 (-0,17%)
     

Importação de diesel pelo Brasil dispara 23,9% no 1º quadrimestre; vendas sobem 2%

Bomba de combustível em Brasília

SÃO PAULO (Reuters) - A importação de diesel pelo Brasil aumentou 23,9% no primeiro quadrimestre do ano, para 4,7 bilhões de litros, de acordo com dados da agência reguladora ANP divulgados na segunda-feira, enquanto as vendas do combustível pelos distribuidores no país avançaram apenas 2% no mesmo período.

Em abril, o país importou 1,557 bilhão de litros de diesel, aumento de 30,6% ante março e de 11% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

O volume de importação registrado em abril é o maior desde outubro de 2021 (1,85 bilhão de litros), com o Brasil buscando garantir ofertas em um mercado apertado no exterior em meio aos impactos da guerra na Ucrânia.

Já vendas de diesel pelas distribuidoras do Brasil aumentaram 2,1% no quadrimestre, para 19,9 bilhões de litros, enquanto caíram em abril pela primeira vez no ano em relação ao mês anterior.

Os volumes em abril do combustível mais comercializado no país somaram 4,96 bilhões de litros, leve queda ante o mesmo mês do ano passado, mas um recuo de 470 milhões de litros ante março.

GASOLINA E ETANOL

As importações de gasolina também tiveram aumento de cerca de 30% no quadrimestre, para 807,9 milhões de litros. Na comparação com abril do ano passado, houve uma alta de 54,6%, com o combustível fóssil ganhando mercado do etanol hidratado.

As vendas de gasolina C aumentaram 14,1% no quadrimestre, para 13,13 bilhões de litros, com volumes mensais superiores a 3,2 bilhões de litros ao mês desde janeiro.

Já as vendas de etanol hidratado, que compete com a gasolina, recuaram 21,9% no quadrimestre, para aproximadamente 5 bilhões de litros, somando 1,37 bilhão de litros em abril, queda anual de 10%.

Já a importação de etanol anidro (misturado na gasolina) recuou 33,8% no quadrimestre, para 130,3 milhões de litros, enquanto em abriu somaram apenas 4 milhões de litros, recuo de quase 80% na comparação anual.

(Por Roberto Samora)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos