Mercado abrirá em 7 h 17 min

Impeachment de Bolsonaro: 'Está criando o conjunto da obra', diz Janaína

Anita Efraim
·2 minutos de leitura
Jurist Janaina Paschoal, co-author of the complaint that originated the impeachment process against suspended president Dilma Rousseff, speaks during a final session of debate and voting on Rousseff's impeachment trial in Brasilia, Brazil August 25, 2016. REUTERS/Ueslei Marcelino
Janaína Paschoal foi autora do pedido de impeachment de Dilma Rousseff (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

Autora do pedido de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Janaína Paschoal (PSL-SP) ainda não vê motivos para que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seja retirado do cargo.

“Não vejo crime de responsabilidade”, opinou. “O que ele pode estar fazendo é estar criando o conjunto da obra. Ainda não tem, mas Bolsonaro está criando um contexto.”

Na opinião da deputada, que foi cotada para ser vice na chapa de Bolsonaro, os eleitores do presidente, que o elegeram com convicção, agora veem que o presidente abandonou os princípios que tinha.

Questionada sobre o programa Renda Cidadã, Janaína disse que Bolsonaro ficou cego pelo poder. “Ele percebeu que a popularidade cresceu com o auxílio emergencial, e eu não critico, porque era muito necessário e é muito louvável do governo fazer em tempo recorde. Era mesmo necessário, mas ele pegou gosto por isso, percebeu o impacto”, avaliou.

Leia mais sobre a eleição para vereadores:

“E agora está cego com essa história de reeleição, um mal que afeta todos os políticos do país”, disse a deputada. “Eles (políticos) acabam não se dedicando ao cargo e trabalham para a próxima. Deveriam cuidar bem do mandato.”

Janaína Paschoal lembra que Bolsonaro foi o primeiro a se lançar candidato à presidência em 2022. “Mais uma traição, porque durante a campanha ele dizia que ia acabar com a reeleição, que não ia se candidatar. Eu falei que era cedo para falar aqui, e ele foi e se lançou candidato”, afimou.

Leia também

“Quando ele se lança candidato, os outros se lançam também. E quem perde? O povo.”

Ao Yahoo! Brasil, Janaína Paschoal ainda falou sobre ataques machistas, o rompimento com o presidente Jair Bolsonaro e ainda afirmou que o presidente está fazendo tudo igual ao PT.