Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.735,01
    -3.050,99 (-2,75%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.020,05
    -278,15 (-0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,34
    -0,16 (-0,19%)
     
  • OURO

    1.786,20
    +4,30 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    62.545,54
    -3.506,25 (-5,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.490,38
    -44,27 (-2,88%)
     
  • S&P500

    4.549,78
    +13,59 (+0,30%)
     
  • DOW JONES

    35.603,08
    -6,26 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.190,30
    -32,80 (-0,45%)
     
  • HANG SENG

    26.017,53
    -118,49 (-0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.708,58
    -546,97 (-1,87%)
     
  • NASDAQ

    15.392,50
    -86,25 (-0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5809
    -0,0001 (-0,00%)
     

Imagem de marketing do Moto E40 entrega câmera e tela

·2 minuto de leitura

Se engana quem imaginou que com a reformulação da linha Moto G a Motorola mataria a família Moto E. Mesmo que agora os aparelhos mais populares da empresa também ofereçam versões com hardware básico, já vimos o lançamento do Moto E20, por exemplo. E ele não será o último: há vários sinais da existência do Moto E40, sob o modelo XT2159.

Já tendo dado as caras no Geekbench, o Moto E40 vazou agora por uma imagem que lembra a película aplicada de fábrica nas telas dos produtos Motorola. O registro de baixa qualidade traz algumas informações principais acerca do celular — típico das embalagens de celular da empresa. Nela consta que a tela do smartphone terá 6,5 polegadas e resolução HD, com taxa de atualização de 90 Hz. O que não é muito frequente em dispositivos de entrada.

Além disso, a imagem mostra a presença de uma câmera principal de 48 megapixels, sem detalhes como abertura de lente, tamanho e modelo do sensor. É dito ainda que ele terá um conjunto triplo de câmeras, mas sem dar detalhes de quais seriam os sensores auxiliares. As expectativas não devem ser altas, dado que se trata de um celular básico.

(Imagem: Reprodução/EV Leaks)
(Imagem: Reprodução/EV Leaks)

Como já visto anteriormente, o processador do Moto E40 deverá ser um Unisoc octa-core rodando a 1,8 GHz. Isso é inconclusivo para a descoberta do modelo, que de toda forma não deve focar em alto desempenho. Combinado ao chipset veríamos 4 GB de memória RAM e armazenamento interno de 64 GB — expansível via micro SD. A conectividade também seria básica, com suporte a Wi-Fi de 2,4 GHz e carregamento de apenas 10 W para a bateria de 5.000 mAh.

Melhor que o Moto E20

Mesmo com essas características, o E40 deverá se apresentar como um upgrade em relação ao já lançado Moto E20. Isso porque dobraria a memória RAM, armazenamento interno, teria câmera mais avançada e mais bateria para o mesmo tamanho de tela. Além de contar com alta taxa de atualização para navegação mais fluida.

Como ainda não foi lançado em nenhum mercado, seu preço também é mistério. Nem mesmo insiders têm antecipado esse dado. Mas como o Moto E20 foi lançado no Brasil a R$ 999, quem se interessou pelo Moto E40 não deve esperar preço menor que isso — ao menos não no lançamento.

Vale lembrar, há poucos dias a Motorola trouxe para o Brasil o Moto G50 5G. É mais uma opção para quem já quer estar preparado para a nova geração de conectividade. Antes dele, os novos Motorola Edge 20 foram anunciados — no segmento de modelos flagship.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos