Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.645,85
    +660,89 (+2,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Ihu: França detecta nova variante do coronavírus com mais mutações que Ômicron

·1 min de leitura

Parece que foi ontem que a variante Ômicron foi descoberta na África do Sul, e nesta quarta (5), cientistas franceses descobriram uma nova variante do coronavírus, B.1.640.2, que ganhou o nome de Ihu. As descobertas foram relatadas em um estudo ainda não revisado por pares, publicado na plataforma medRxiv.

De acordo com o artigo, o primeiro caso dessa cepa foi identificado na cidade de Forcalquier, no departamento de Alpes da Alta Provença. A variante Ihu é derivada de uma outra cepa chamada B.1.640, localizada no final de setembro na República do Congo.

"Descrevemos o surgimento de uma nova variante. Para doze pacientes positivos para SARS-CoV que vivem na mesma área geográfica do sudeste da França, o teste qPCR mostrou uma combinação atípica. A análise revelou 46 mutações", apontam os pesquisadores. "Esses dados são mais um exemplo da imprevisibilidade do surgimento de variantes do SARS-CoV-2 e de sua introdução em uma determinada área geográfica", o artigo acrescenta.

Uma nova variante da covid-19 foi identificada há algumas semanas por pesquisadores franceses, derivada de outra cujos primeiros casos foram detectados na República do Congo em setembro de 2020.

Cientistas franceses descobrem Ihu, nova variante do coronavírus (Imagem: HwangMangjoo/Rawpixel)
Cientistas franceses descobrem Ihu, nova variante do coronavírus (Imagem: HwangMangjoo/Rawpixel)

A variante, da qual pouco ainda se sabe, foi batizada pelos cientistas com as iniciais do Instituto Hospitalar Universitário de Marselha, responsável pela descoberta. O centro especializado menciona uma dezena de casos na própria região de Marselha, e a opinião dos pesquisadores é que essa variante está associada principalmente a viajantes que vieram de Camarões, país que faz fronteira com a República do Congo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos