IGP-M tem alta de 0,41% na primeira prévia de 2013

SÃO PAULO – O IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) variou 0,41% na primeira prévia do ano. No mesmo intervalo do mês passado a alta havia sido de 50%. De acordo com a FGV (Fundação Getulio Vargas), nos últimos 12 meses o índice teve elevação de 7,99%.

Vale ressaltar que o IGP-M calculou as variações nos preços no período entre os dias 21 e 31 do mês de dezembro. Além disso, o índice também é usado para a correção de valores de contratos como aluguéis e energia elétrica.

Já o IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo) – que mede a variação dos preços no atacado – registrou alta de 0,46% nesta primeira prévia. No mesmo período do mês anterior os valores haviam avançado 0,50%. A taxa de variação do índice referente a Bens Finais subiu de 0,55% para 0,93%. Contribuiu para este movimento o subgrupo alimentos in natura, cuja taxa passou de 2,53% para 6,12%.

Dentro do IPA, os Bens Intermediários tiveram variação de 0,24% para 0,58%. A principal contribuição para esta aceleração partiu do subgrupo materiais e componentes para a manufatura, que transitou de 0,36% para 0,89%.

Já o índice referente a Matérias-Primas Brutas teve variação de -0,18%. Os itens que mais influenciaram a trajetória deste grupo foram: milho (de 4,97% para -0,57%), soja em grão (de -1,77% para -2,89%) e bovinos (de 0,38% para -1,76%).

Preços ao Consumidor
A FGV ainda informou que o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) teve variação de 0,40% na primeira prévia do ano, enquanto que no mesmo período do mês anterior foi de 0,56%. Segundo imostrou a FGV, cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. O principal destaque partiu do grupo de Habitação (de 0,48% para 0,07%) – ressaltando o comportamento dos itens: tarifa de eletricidade residencial (de 1,42% para 0,12%) e móveis para residência (de 2,23% para -0,52%).

Carregando...