Mercado fechará em 5 h 32 min
  • BOVESPA

    123.294,58
    +1.493,37 (+1,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.217,94
    +22,51 (+0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,62
    +0,47 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.806,20
    -8,30 (-0,46%)
     
  • BTC-USD

    38.374,15
    -738,24 (-1,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    963,32
    -12,57 (-1,29%)
     
  • S&P500

    4.416,48
    +13,82 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    34.957,66
    +164,99 (+0,47%)
     
  • FTSE

    7.113,35
    -10,51 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.129,25
    +55,75 (+0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0637
    -0,0546 (-0,89%)
     

IGP-DI desacelera alta em junho com menor inflação no atacado, diz FGV

·2 minuto de leitura
Armazém com milho em Sorriso (MT)

Por Luana Maria Benedito

(Reuters) - Os Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) desacelerou a alta para 0,11% em junho, depois de subir 3,40% em maio, uma vez que commodities importantes aliviaram a inflação no atacado, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

A expectativa em pesquisa da Reuters era de ganho de 0,21%. Com o resultado de junho, o índice acumula agora em 12 meses avanço de 34,53%.

Segundo a FGV, Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-DI), que responde por 60% do indicador, passou a cair 0,26% em junho, após subir 4,20% no mês anterior. O destaque nesse desempenho foi o grupo Matérias-Primas Brutas, que caiu 2,40% em junho, depois de avançar 7,65% em maio.

André Braz, coordenador dos índices de preços, explicou em nota que "a soja (de 0,63% para -8,12%), o milho (de 5,09% para -8,75%) e o minério de ferro (de 17,03% para -3,85%), commodities de maior peso no IPA, apresentaram recuos importantes em seus preços na passagem de maio para junho. Tal comportamento contribuiu destacadamente para a desaceleração da inflação ao produtor (...)".

Já a inflação ao consumidor foi de 0,64% no mês, depois de o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) --que responde por 30% do IGP-DI-- ter subido 0,81% em maio.

Entre os componentes do IPC, o destaque foi o grupo Habitação, que desacelerou a alta a 0,89% no mês passado, após avançar 1,72% em maio.

O Índice Nacional de Custo de Construção (INCC) registrou em junho alta de 2,16%, de avanço de 2,22% em maio.

O IGP-DI é usado como referência para correções de preços e valores contratuais. Também é diretamente empregado no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e das contas nacionais em geral.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos