Mercado fechará em 2 h 10 min
  • BOVESPA

    103.581,23
    +2.806,66 (+2,79%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.684,10
    +676,94 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,57
    +1,00 (+1,53%)
     
  • OURO

    1.767,80
    -16,50 (-0,92%)
     
  • BTC-USD

    56.231,46
    -2.425,05 (-4,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.428,54
    -10,34 (-0,72%)
     
  • S&P500

    4.565,15
    +52,11 (+1,15%)
     
  • DOW JONES

    34.602,16
    +580,12 (+1,71%)
     
  • FTSE

    7.129,21
    -39,47 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.936,00
    +66,25 (+0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3589
    -0,0879 (-1,36%)
     

IGP-10 tem inflação de 1,19% em novembro

·1 min de leitura

O Índice Geral de Preços- 10 (IGP-10), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou inflação de 1,19% em novembro. Em outubro, o indicador havia tido deflação (queda de preços) de 0,31%.

A taxa de novembro deste ano ficou, no entanto, abaixo dos 3,51% de novembro de 2020. Com o resultado, o IGP-10 acumula inflação de 17,47%, no ano, e de 19,78%, em 12 meses.

A alta outubro para novembro foi puxada principalmente pelos preços no atacado. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) passou de uma deflação de 0,77% em outubro para uma inflação de 1,31% em novembro.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) também teve alta ao subir de 0,53% em outubro para 0,95% em novembro.

Por outro lado, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede o varejo, teve queda ao recuar de 1,26% em outubro para 0,79% em novembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos