Mercado fechado

IGP-10 desacelera para 0,19% em novembro, mostra FGV

No ano, o IGP-10 acumula alta de 4,62% e, em 12 meses, de 3,33% A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) desacelerou a 0,19% em novembro. Em outubro o indicador havia subido 0,77%. No ano, o IGP-10 acumula alta de 4,62% e, em 12 meses, de 3,33%.

A forte desaceleração no mês foi puxada pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) que subiu 0,25% em novembro, depois de registrar alta de 1,16% em outubro. O minério de ferro foi um dos principais responsáveis pela desaceleração, ao passar de 4,16% para uma queda de 9,47% em novembro.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,03% em novembro, após a deflação de 0,06% em outubro. Quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram avanço, com destaque para o grupo alimentação, que saiu de 0,64% para uma queda de 0,07%.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,20% em novembro, após alta de 0,09% em outubro. Dois grupos componentes do INCC registraram avanço na passagem de outubro para novembro: materiais e equipamentos e serviços. Mão de obra não registrou variação pelo segundo mês consecutivo.