Mercado fechará em 4 h 15 min
  • BOVESPA

    109.063,93
    -2.475,87 (-2,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.979,73
    +297,54 (+0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,74
    +0,99 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.709,20
    -24,40 (-1,41%)
     
  • BTC-USD

    50.760,09
    +1.325,00 (+2,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.015,55
    +27,45 (+2,78%)
     
  • S&P500

    3.845,51
    -24,78 (-0,64%)
     
  • DOW JONES

    31.404,86
    +13,34 (+0,04%)
     
  • FTSE

    6.640,72
    +26,97 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    12.871,50
    -183,75 (-1,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9318
    +0,0697 (+1,02%)
     

Ideia é incluir cláusula de calamidade pública em PEC do Pacto Federativo, diz Guedes

José de Castro
·1 minuto de leitura
O ministro da Economia, Paulo Guedes

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira que, dentro da PEC do Pacto Federativo, poderia ser incluída uma cláusula de calamidade pública, que seria ativada em caso "agudo" de emergência fiscal.

A ideia, segundo o ministro, é que em situação de emergência --por exemplo, em caso de desastres naturais-- haja bloqueio de gastos para liberar recursos na forma de um auxílio emergencial.

Guedes afirmou ainda que quem tem que decidir sobre as especificações do protocolo da crise é o Conselho Fiscal da República, proposto na PEC do Pacto Federativo.