Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.496,52
    +282,29 (+1,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Ibovespa tem dificuldade para assegurar 6ª alta com fraqueza Wall St e realização

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
B3
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa encontrava dificuldade para firmar sua sexta alta seguida nesta sexta-feira, sem suporte de Wall Street e com realização de lucros, em sessão de alta de mineradoras e siderurgicas, enquanto IRB Brasil RE despencava após novo prejuízo mensal.

Às 11:09, o Ibovespa caía 0,02%, a 99.015,59 pontos. Na máxima, mais cedo, chegou a 99.607,37 pontos. Na mínima, recuou a 98.921,04 pontos. O volume financeiro somava 3,9 bilhões de reais. Com tal desempenho, o Ibovespa acumula alta de 2,55% na semana.

A equipe de análise técnica do Itaú BBA destacou que o Ibovespa mostra dificuldade em superar a região dos 99 mil pontos e retomar o movimento de recuperação em busca dos 102.300 pontos – patamar que mantém o índice em tendência de baixa.

"Por ora, sugerimos prudência, preferência por ações que estão acima da média móvel 200 e posicionamento de 'stops' para ativos que perderem suportes importantes", afirmaram os analistas em relatório a clientes.

No exterior, Wall Street mostrava tendência de queda, com o S&P 500 caindo 0,3% e o Nasdaq Composite recuando 0,75%, minado pelo resultado trimestral do Twitter.

DESTAQUES

- VALE ON avançava 1,7%, a 69,76 reais, conforme os contratos futuros de minério de ferro subiram na Ásia, com a queda dos estoques de aço na China estimulando as esperanças de que a demanda seja impulsionada pela necessidade de reabastecimento. CSN ON subia 2,4%, a 14,81 reais, capitaneando os ganhos entre as siderúrgicas.

- PETROBRAS PN mostrava acréscimo de 0,1%, a 29,06 reais, após divulgar queda na produção de petróleo no segundo trimestre, em meio a desinvestimentos de ativos e paralisações de trabalho que afetaram a operação da empresa. No mercado de petróleo, o barril do Brent subia 0,4%, a 104,30 dólares.

- IRB BRASIL RE ON caía 6,9%, a 2,03 reais, após reportar prejuízo líquido de 273,1 milhões de reais em maio, o que reforçava a expectativa no mercado de que a resseguradora fará um novo aumento de capital. "Acreditamos que um aumento de capital é iminente, embora ainda não saibamos a que preço", disse o BTG Pactual.[nL1N2Z3110]

- BRF ON subia 1,7%, a 15,62 reais, após a companhia de alimentos obter a reabilitação de fábrica em Kizad, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, para exportação de frango à Arábia Saudita. No setor, MINERVA ON perdia 3%, enquanto MARFRIG ON tinha alta de 0,4% e JBS ON caía 1,75%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos