Mercado abrirá em 2 h 56 min
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,73
    -0,04 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.853,80
    -1,40 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    31.933,86
    -434,43 (-1,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    645,72
    -31,17 (-4,61%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.675,67
    +36,82 (+0,55%)
     
  • HANG SENG

    29.391,26
    -767,75 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.546,18
    -276,11 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.444,00
    -31,50 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6920
    +0,0558 (+0,84%)
     

Ibovespa supera 120 mil pontos pela 1ª vez

Paula Arend Laier
·1 minuto de leitura

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O tom positivo prevalecia na bolsa paulista nesta quarta-feira, beneficiada pelo noticiário benigno sobre vacinas contra Covid-19, com o Ibovespa superando os 120 mil pontos pela primeira vez e caminhando para fechar o ano no azul.

Às 10:19, o Ibovespa subia 0,62%, a 120.149,85 pontos.

O Reino Unido aprovou a vacina contra coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca, farmacêutica que tem acordo com o governo brasileiro para o fornecimento de doses da vacina ao país.

A Alemanha acredita que a União Europeia aprovará rapidamente a vacina.

Em outra frente, uma filiada à farmacêutica estatal chinesa Sinopharm disse que sua vacina contra Covid-19 mostrou 79,34% de eficácia e que solicitou uma aprovação regulatória para o medicamento.

Na visão da Guide Investimentos, investidores já estão calibrando perspectivas com a entrada em 2021, avaliando os impactos econômicos de estímulos nas economias centrais e a velocidade e eficácia da vacinação ao redor do mundo.

O sinal positivo também prevalecia nos futuros acionários norte-americanos e nos contratos do petróleo, enquanto o dólar recuava ante uma cesta de moedas, referendando o cenário de apetite a risco nesta sessão.

Na véspera, o Ibovespa à vista fechou em alta, pavimentando um encerramento positivo para um ano desafiador.