Mercado fechado

Ibovespa recua no primeiros negócios após salto em mortes e casos de coronavírus

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista começava a quinta-feira no vermelho, pressionada pelo viés negativo no exterior, após revisão na metodologia no registro de casos de coronavírus na China levar a um aumento recorde no número de novas mortes provocadas pela infecção e milhares de novos casos da doença.

O penúltimo pregão da semana ainda era marcado pela repercussão a resultados corporativos brasileiros, incluindo os números do Banco do Brasil e da Suzano.

Às 10:05, o Ibovespa caía 0,48 %, a 116.119,52 pontos.

O Ibovespa abriu​​ a 116.659,69​​ pontos, com oscilação negativa de 0,01%, ​após fechar na sessão anterior em alta de 1,13%.