Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,48 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,98 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,43
    -4,06 (-4,86%)
     
  • OURO

    1.651,70
    -29,40 (-1,75%)
     
  • BTC-USD

    18.907,31
    -131,24 (-0,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,61
    -9,92 (-2,23%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,27 (-1,62%)
     
  • FTSE

    7.018,60
    -140,92 (-1,97%)
     
  • HANG SENG

    17.933,27
    -214,68 (-1,18%)
     
  • NIKKEI

    27.153,83
    -159,30 (-0,58%)
     
  • NASDAQ

    11.388,00
    -177,50 (-1,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0976
    +0,0649 (+1,29%)
     

Ibovespa recua na abertura após dado mais forte de inflação nos EUA

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista abria com viés negativo nesta terça-feira, após um dado mais forte do que o esperado de inflação nos Estados Unidos endossar movimentos de realização de lucros no pregão brasileiro.

De acordo com o Departamento do Trabalho dos EUA, o índice de preços ao consumidor norte-americano (CPI) subiu 0,1% em agosto, quando economistas consultados pela Reuters projetavam queda de 0,1%.

Às 10:07, o Ibovespa caía 0,79 %, a 112.515,63 pontos, após avançar mais de 3% no acumulado das últimas três sessões.

No mesmo horário, o Ibovespa futuro com vencimento mais curto, para 13 de outubro, recuava 1,56%.

(Por Paula Arend Laier)