Mercado abrirá em 6 h 51 min

Ibovespa opera estável com atenção à disputa comercial EUA-China

Ana Carolina Neira

Agentes financeiros seguem atentos aos desdobramentos das conversas sobre comércio entre as duas grandes economias O Ibovespa operava com leve alta na primeira sessão da semana. O movimento é influenciado principalmente pelos aparentes avanços nas negociações comerciais entre China e Estados Unidos. Para analistas, há um certo otimismo de que algum tipo de acordo seja firmado, mas parte dos investidores ainda estão cautelosos, temendo mais um recuo nas conversas.

Às 10h47, o índice subia 0,07%, aos 108.771 pontos, com volume financeiro de R$ 1,4 bilhão, considerado forte para a primeira hora do pregão.

Reprodução/Facebook

Novas diretrizes chinesas que exigem ações aprimoradas para combater violações de propriedade intelectual são o mais novo indicativo para os negócios de que um acordo entre os dois países está mais próximo, auxiliando os ativos locais.

As ações do Bradesco não tinham rumo comum (-0,44% a ON e 0,15% a PN) enquanto Petrobras tinha alta (0,12% a ON e 0,33% a PN), assim como Vale ON (1,90%).