Mercado fechará em 2 h 59 min
  • BOVESPA

    111.737,66
    -2.075,21 (-1,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.471,42
    -258,38 (-0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,36
    +0,86 (+0,95%)
     
  • OURO

    1.763,50
    -7,70 (-0,43%)
     
  • BTC-USD

    21.566,39
    -1.775,37 (-7,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    513,35
    -28,25 (-5,22%)
     
  • S&P500

    4.239,68
    -44,06 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    33.800,11
    -198,93 (-0,59%)
     
  • FTSE

    7.550,37
    +8,52 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,77 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.294,00
    -229,25 (-1,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2052
    -0,0086 (-0,16%)
     

Ibovespa mostra fraqueza com exterior no radar

B3

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa mostrava fraqueza nesta terça-feira, com a tensão EUA-China envolvendo Taiwan minando o sentimento em Nova York e contaminando a bolsa paulista, enquanto a temporada de balanços incluía os números da TIM.

Às 11:08, o Ibovespa caía 0,3%, a 101.922,48 pontos. Mais cedo, na máxima, chegou a 102.668,56 pontos. O volume financeiro somava 3,3 bilhões de reais.

Na visão do sócio-diretor da Pronto! Investimentos, Marcelo Castro, a questão envolvendo uma potencial visita da presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taiwan, serve como argumento para realização de lucros.

Ele avalia que se fosse uma preocupação séria as bolsas - nos EUA e no Brasil - estariam mostrando quedas fortes. "A semana tem uma agenda cheia, com decisão de juros no Brasil e dados de emprego nos EUA. É isso o que deve prevalecer."

Em Wall Street, o S&P 500 cedia 0,7%.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN perdia o fôlego e cedia 0,15%, a 33,63 reais, conforme o petróleo desacelerava a alta no exterior, com o Brent subindo 0,6%, a 100,61 reais.

- ITAÚ UNIBANCO PN subia 0,4% e BRADESCO PN tinha acréscimo de 0,3%. Bradesco reporta resultado na quinta-feira.

- VALE ON tinha variação negativa de 1%, a 67,35 reais, em dia de sessão volátil dos preços do minério de ferro na China, embora os futuros em Dalian tenham fechado em alta.

- WEG ON avançava 1,7%, a 28,36 reais, ampliando a recuperação desde a divulgação do balanço em julho, quando os números do segundo trimestre pesaram nos papéis.

- VIA ON perdia 3,3%, a 2,36 reais, com o setor novamente entre os destaques negativos. MAGAZINE LUIZA ON caía 2,2% e AMERICANAS ON recuava 1,3%.

- LOCAWEB ON valorizava-se 2,95%, a 7,32 reais, no segundo pregão de alta seguido, em parte apoiada em perspectivas para o resultado do segundo trimestre, que será conhecido na próxima semana.

- TIM ON caía 1,1%, a 12,33 reais, após resultado trimestral mostrar queda de 54,1% no lucro do segundo trimestre, uma vez que as maiores despesas ofuscaram o sólido crescimento da receita.

- MOVIDA ON, que não está no Ibovespa, recuava 3,5%, a 12,55 reais, tendo no radar balanço do segundo trimestre com lucro de 186,8 milhões de reais, alta de 7,4% ano a ano.

- MARCOPOLO PN, também ausente do Ibovespa, cedia 2,9%, a 2,38 reais, após divulgar um tombo de 87% no lucro do segundo trimestre ano a ano, para 26,8 milhões de reais.

- GRUPO SBF ON, que também não faz parte do Ibovespa, caía 7,3%, a 20,31 reais, depois que o dono da rede Centauro reportou queda de 9,3% no resultado operacional medido pelo Ebitda no segundo trimestre, a 154 milhões de reais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos