Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.750,22
    +1.458,62 (+1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.646,03
    -288,18 (-0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,09
    +0,45 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.842,00
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    19.124,20
    +75,91 (+0,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    365,19
    -14,05 (-3,71%)
     
  • S&P500

    3.699,12
    +32,40 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.218,26
    +248,74 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.550,23
    +59,96 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,25
    +47,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2497
    +0,0137 (+0,22%)
     

Ibovespa futuro recua em sessão de ajustes com exterior mais negativo

Por Paula Arend Laier
·1 minuto de leitura

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa futuro recuava cerca de 1% na manhã desta terça-feira, em sessão de ajustes após um começo de semana forte, tendo de pano de fundo viés mais negativo nos mercados acionários no exterior.

Por volta de 09:25, o contrato do Ibovespa com vencimento em 12 de agosto cedia 0,97%, a 98.335 pontos.

Na véspera, o Ibovespa à vista fechou em alta de mais de 2% e no maior patamar em quatro meses, em meio a perspectivas positivas de recuperação econômica pós-Covid-19 e com intenso noticiário corporativo no país.

"Após um início impressionante da nova semana de negociação, os mercados de ações (no exterior) mostraram alguma consolidação na madrugada", observou o analista Milan Cutkovic, da AxiCorp.

"No entanto, o sentimento do mercado permanece positivo e ganhos adicionais parecem prováveis no curto prazo... Os participantes do mercado continuam otimistas de que o pior já passou", acrescentou, em nota a clientes.