Mercado abrirá em 6 h 52 min

Ibovespa futuro avança com exterior favorável

Por Paula Arend Laier

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa futuro com vencimento mais curto avançava mais de 1% nesta terça-feira, embalado pelo cenário externo favorável, em meio a perspectivas benignas sobre as relações comerciais entre Estados Unidos e China e números melhores do que o esperado sobre o setor empresarial na Europa.

Por volta de 09:25, o contrato do Ibovespa que vence em 12 de agosto tinha elevação de 1,1%, a 96.855 pontos.

Nos EUA, os futuros acionários avançavam após o presidente norte-americano, Donald Trump, garantir que o acordo comercial com a China está intacto, em declaração no Twitter depois que o assessor econômico da Casa Branca, Peter Navarro, derrubou os mercados ao dizer que o acordo havia acabado.

"Esse breve momento de caos lembrou aos mercados que a guerra comercial está longe de terminar e poderia retornar a qualquer momento", afirmou o analista Milan Cutkovic, da AxiCorp.

Na visão de Cutkovic, sobre o viés positivo nos mercados, investidores parecem menos preocupados com o aumento de novas infecções por coronavírus em todo o mundo. "Embora o aumento em novos casos seja um pouco preocupante, o risco de um segundo bloqueio é visto como baixo", afirmou.

Em paralelo, na Europa, o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar Composto do IHS Markit se recuperou a 47,5 em junho de 31,9 em maio, aproximando-se da marca de 50 que separa crescimento de contração. Pesquisa da Reuters projetava 42,4.