Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.950,34
    +408,52 (+1,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Ibovespa flerta com 128 mil pontos após PIB acima do esperado

·3 minuto de leitura
Bolsa de valores de São Paulo

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa superou os 128 mil pontos pela primeira vez nesta terça-feira, após a economia brasileira crescer acima do esperado no primeiro trimestre, retornando ao patamar pré-pandemia, embora o ritmo tenha perdido força.

Às 10:49, o Ibovespa subia 1,38%, a 127.957,78 pontos. Na máxima até o momento, chegou a 128.295,28 pontos, renovando recorde intradia. O volume financeiro somava 4,3 bilhões de reais.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 1,2% entre janeiro e março, terceiro trimestre seguido de ganhos, acima da expectativa em pesquisa da Reuters de ganho de 1,0% no período, conforme dados do IBGE.

Na visão do consultor econômico da Alta Vista Investimentos, José Mauro Delella, os dados são bastante positivos porque mostram performance positiva em todos os grupos - agropecuário, indústria e serviços -, bem como na taxa de investimentos.

Apesar da desaceleração, eles ressaltou que o desempenho é "é notável por se tratar de um período em que houve um agravamento da pandemia e consequente fechamento de algumas atividades da economia brasileira".

Delella estima que os dados devem corroborar a continuidade no processo de revisão das estimativas do PIB para 2021, convergindo para patamares superiores a 5% nas próximas semanas. "A tendência é a gente caminhar para uma taxa de crescimento do PIB neste ano na faixa de 5% a 5,5%."

Após os dados, Goldman Sachs e Bank of America elevaram suas projeções para 5,5% e 5,2%, respectivamente. A área de pesquisa macroeconômica do Itaú Unibanco elevara sua previsão já na semana passada para 5%.

"Os números do trimestre confirmam uma recuperação mais forte da economia", reforçou o estrategista-chefe do banco digital modalmais, que revisou sua projeção para crescimento de 4,6% no ano após os dados.

"Para as próximas leituras, avaliamos que o impacto limitado da segunda onda da pandemia, a retomada do auxílio emergencial e o avanço na vacinação apontam para um sólido crescimento em 2021", acrescentou em comentário a clientes.

Wall Street retornava de feriado e respaldava o viés comprador na bolsa paulista, com o S&P 500 em alta de 0,4%.

DESTAQUES

- EMBRAER ON valorizava-se 4,75%, ampliando a performance positiva em 2021 e tendo de pano de fundo que sua empresa de mobilidade aérea urbana Eve recebeu uma encomenda de 200 aeronaves no âmbito de parceria com a Halo, que fornece serviços personalizados de helicóptero e mobilidade aérea urbana privada nos Estados Unidos e no Reino Unido.

- ULTRAPAR ON avançava 4,61%, em meio a notícia sobre a venda de sua unidade química Oxiteno. De acordo com o Estadão, a empresa de private equity Advent, a fabricante norte-americana de produtos químicos Stepan e a tailandesa Indorama estão disputando a companhia.

- ITAÚ UNIBANCO PN subia 2,39% e BRADESCO ON avançavam 1,06%, em meio ao clima mais positivo sobre a economia brasileira, consolidando as novas máximas do Ibovespa.

- PETROBRAS PN mostrava elevação de 1,97%, na esteira da forte alta dos preços do petróleo no mercado externo, onde o Brent subia 2,64%.

- VALE ON subia 0,81%, com os futuros do minério de ferro na China saltando mais de 7% nesta terça-feira, em meio a notícias de que o polo siderúrgico de Tangshan planeja aliviar exigências de cortes de produção em usinas. A Vale também anunciou interromperá operações de Sudbury após empregados rejeitarem acordo coletivo.

- LOCAWEB ON perdia 2,18%, entre as poucas baixas da sessão, em meio a ajustes após forte recuperação na última quinzena de maio, embora tenha terminado o mês com variação negativa de 9%.

- BANCO INTER UNIT recuava 1,13%, também mantendo o sinal de baixa acumulado no mês passado, que teve uma série de anúncios, incluindo planos para listar na Nasdaq - o que resultaria na saída do papel do Ibovespa - e de oferta de ações no Brasil em que a StoneCo investirá até 2,5 bilhões de reais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos