Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.371,88
    +2.347,32 (+4,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Ibovespa fecha no azul, mas se afasta de máxima à espera da PEC

·4 min de leitura

Por Patricia Vilas Boas

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa avançou nesta terça-feira, com ações de varejo em destaque, notadamente Magazine Luiza, mas terminou distante da máxima do dia, com agentes financeiros acompanhando o andamento da PEC dos Precatórios e analisando resultados corporativos.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,72%, a 105.535,08 pontos, após alcançar 106.674,43 pontos (+1,8%) no melhor momento da sessão. O volume financeiro foi de 27,5 bilhões de reais.

O pregão fechou com o plenário da Câmara dos Deputados ainda votando os destaques ao texto-base da PEC dos Precatórios, aprovado em primeiro turno na Casa na semana passada. Apenas após a conclusão dessa etapa, ele será votado em segundo turno.

Além de alterar a regra de pagamento dos precatórios, dívidas do governo cujo pagamento foi determinado pela Justiça, a PEC abre espaço fiscal para concessão de um benefício social temporário de 400 reais até o final de 2022, ano eleitoral em que o presidente Jair Bolsonaro deverá buscar a reeleição.

A aprovação apertada em primeiro turno gerou desconfiança sobre o desfecho da votação em segundo turno, assim como a suspensão pela ministra do STF Rosa Weber - endossada pela maioria da Corte - da execução orçamentária das emendas de relator e a mudança de orientação do PDT.

Mas a rejeição do primeiro destaque apresentado pelo PT na Câmara corroborou expectativas de que a base aliada conseguirá aprovar a matéria em segundo turno. Os deputados ainda tiraram do texto trecho que pretendia alterar a chamada regra de ouro.

Na avaliação do analista do Terra Investimentos Régis Chinchila, a performance da bolsa paulista reflete as perspectivas de aprovação da PEC. "É isso o que está animando o mercado, pelo menos no dia de hoje", disse.

Ele ponderou que não se trata de uma medida "super positiva", porque ainda traz incertezas em relação ao cenário fiscal. Mas, segundo ele, pode permitir uma maior previsibilidade para o Orçamento de 2022.

No exterior, Wall Street fechou no vermelho, com preocupações em torno da inflação nos Estados Unidos após um aumento sólido nos preços ao produtor corroborando um ajuste de baixa após máximas históricas.

DESTAQUES

- MAGAZINE LUIZA ON disparou 10,06%, em sessão positiva para empresas de ecommerce, que figuram entre os piores desempenhos do Ibovespa em 2021. No caso de Magalu, a queda alcança 47,3%. VIA ON subiu 6,8%, mas ainda acumula queda de 53,34% no ano. AMERICANAS ON avançou 7,65%, mas recua 53,47% no ano. As três varejistas reportam resultado trimestral nesta semana.

- BANCO DO BRASIL ON cedeu 0,14%, perdendo fôlego durante a sessão, após divulgar resultado trimestral acima das estimativas dos analistas e prever lucro em 2021 acima do que esperava. Na máxima do dia, chegou a subir 3,87%. O BB disse que pretende acelerar os desembolsos de empréstimos em linhas de crédito mais arriscadas para elevar a rentabilidade. No setor, ITAÚ UNIBANCO PN e BRADESCO PN caíram cerca de 1% cada.

- BTG PACTUAL UNIT perdeu 4,18%, revertendo a alta do começo da sessão, quando subiu 3,5%, após reportar lucro trimesttral de 1,79 bilhão de reais acima do esperado por analistas. Em teleconferência, executivos disseram que o crescimento da carteira de crédito deve desacelerar e as receitas com banco de investimento devem ficar quase estáveis em 2022.

- PETROBRAS PN avançou 1,99%, encontrando suporte na alta do petróleo para ampliar a recuperação após um começo de mês mais negativo. Apesar da alta, ainda contabiliza um declínio de 2,2% em novembro. PETRORIO ON caiu 4,54%.

- VALE ON recuou 2,46%, após a trégua na véspera, quando avançou 5,4%, na esteira da queda dos preços futuros do minério de ferro na Ásia. No mês, a queda alcança 7,92%. No ano, o papel perde 11,30%.

- GOL PN fechou em queda de 3,41%, com o balanço do terceiro trimestre mostrando prejuízo líquido, mas as linhas de receita e Ebitda registrando crescimento. A companhia também estimou crescimento nas vendas até o fim do ano. AZUL PN, que divulgou dados operacionais de outubro, encerrou com declínio de 1,31%.

- PETZ ON subiu 6,22% após reportar lucro líquido de 26,6 milhões de reais no terceiro trimestre, alta de 56,1% ante o mesmo período de 2020, em desempenho em parte ajudado pela expansão de receitas. A empresa também divulgou projeção de abertura de 50 lojas em 2022.

(Com reportagem adicional de Paula Arend Laier)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos