Mercado fechará em 6 h 27 min
  • BOVESPA

    123.542,16
    +1.741,37 (+1,43%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,29
    -0,66 (-0,89%)
     
  • OURO

    1.812,10
    -5,10 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    39.382,19
    -2.139,86 (-5,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    961,05
    +0,16 (+0,02%)
     
  • S&P500

    4.419,21
    +23,95 (+0,54%)
     
  • DOW JONES

    35.084,83
    +149,36 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.082,54
    +50,24 (+0,71%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    15.030,00
    +74,25 (+0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1037
    -0,0843 (-1,36%)
     

Ibovespa fecha em queda, mas assegura alta em junho

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista fechou em queda nesta quarta-feira, com ações relacionadas a consumo entre as maiores perdas, após dados que mostraram desemprego ainda elevado no país, embora a alta dos papéis da Petrobras tenham afastado o Ibovespa das mínimas da sessão.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 0,43%, a 126.779,47 pontos, segundo dados preliminares, distante dos recordes do dia último dia 7 (de 130.776,27 no fechamento e 131.190,30 no intradia), mas ainda com desempenho positivo de 0,45% no mês.

Com tal, acumulou um ganho de 8,7% no segundo trimestre do ano e encerrou a primeira metade do ano com alta de 6,5%.

O volume financeiro no pregão desta quarta-feira somava 26,9 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos