Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,15 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.865,90
    -50,40 (-2,63%)
     
  • BTC-USD

    22.907,21
    -552,33 (-2,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,89 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Ibovespa fecha em queda com tombo de 80% da Americanas

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou com um declínio modesto nesta quinta-feira, marcada pelo tombo de quase 80% das ações da Americanas, que perdeu mais de 8 bilhões de reais em valor de mercado após divulgar "inconsistências" contábeis da ordem de 20 bilhões de reais.

O noticiário sobre a varejista acabou ofuscando a relevante pauta do penúltimo pregão da semana, que também contou com anúncio de medidas fiscais pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e dados de preços ao consumidor dos Estados Unidos.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 0,48%, a 111.978,25 pontos, de acordo com dados preliminares, após alcançar 113.128,8 pontos na máxima e 110.981,59 pontos na mínima. O volume financeiro somava 24,7 bilhões de reais.

A queda ocorre após uma sequência de seis pregões de alta, em que o Ibovespa acumulou valorização de 8%.

(Por Paula Arend Laier)