Mercado fechado
  • BOVESPA

    123.576,56
    +1.060,82 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.633,91
    +764,43 (+1,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,31
    -0,25 (-0,35%)
     
  • OURO

    1.813,40
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    38.550,52
    -954,96 (-2,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    928,35
    -15,09 (-1,60%)
     
  • S&P500

    4.423,15
    +35,99 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    35.116,40
    +278,24 (+0,80%)
     
  • FTSE

    7.105,72
    +24,00 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    15.042,25
    -4,00 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1744
    +0,0303 (+0,49%)
     

Ibovespa fecha em queda após EUA anunciarem alta de juros

·1 minuto de leitura

O Ibovespa fechou em queda nesta quarta-feira (16), e ficou abaixo de 129 mil pontos durante a tarde, após o Federal Reserve antecipar para 2023 projeção da primeira alta dos juros nos Estados Unidos desde o começo da pandemia de covid-19.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa recuou 0,64%, a 129.259,49 pontos, em dia também marcado pelos vencimentos dos contratos de opções sobre o Ibovespa e do índice futuro.

O dólar fechou o dia cotado a R$ 5,067, em uma leve tendência de alta após cair abaixo de R$ 5 na tarde desta quarta-feira (16). A moeda foi negociada a R$ 4,9936 às 13h, mas virou após o anúncio do Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, sobre os juros.

O volume financeiro somou 91 bilhões de reais.

O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, manteve a taxa de juros de curto prazo próxima de zero e informou que continuará a comprar mensalmente 120 bilhões de dólares em títulos para alimentar a recuperação econômica.

Entretanto, o Fed estimou pelo menos dois aumentos nas taxas de juros norte-americanas para 2023. Anteriormente, as projeções apontavam para uma primeira elevação apenas em 2024.

Nos EUA, o índice norte-americano S&P 500 caiu 0,54%.

Nesta noite será a vez de o Banco Central brasileiro anunciar decisão para a Selic, hoje em 3,5% ao ano. A previsão, segundo pesquisa Reuters, é de alta de 0,75 ponto percentual.

*Com informações da Reuters.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos