Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,45 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,37 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,28
    -1,66 (-2,13%)
     
  • OURO

    1.754,00
    +8,40 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    16.595,46
    +135,12 (+0,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    386,97
    +4,32 (+1,13%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,97 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.573,58
    -87,32 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.283,03
    -100,06 (-0,35%)
     
  • NASDAQ

    11.782,80
    -80,00 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6244
    +0,0991 (+1,79%)
     

Ibovespa fecha em alta puxada por salto de Copel após titubear com petróleo

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou em alta nesta segunda-feira, com as ações da Copel disparando mais de 20% em meio a planos de privatização para a elétrica paranaense, enquanto persistem preocupações com o rumo fiscal do país e novos surtos de Covid na China adicionam receios sobre a atividade econômica mundial.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,9%, a 109.849,35 pontos, de acordo com dados preliminares. Na máxima, chegou a 110.235,29 pontos e na mínima, quando sofreu o tombo do petróleo que afetou Petrobras, atingiu 107.957,01 pontos.

O volume financeiro somava 29 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)