Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.285,59
    +1.673,56 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,32
    -0,07 (-0,10%)
     
  • OURO

    1.807,50
    +7,80 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    39.927,57
    +779,49 (+1,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    933,88
    +3,96 (+0,43%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.698,79
    +117,13 (+0,42%)
     
  • NASDAQ

    14.984,00
    -27,50 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0653
    +0,0068 (+0,11%)
     

Ibovespa fecha em alta com recuperação em Wall St e avanço do petróleo

·3 minuto de leitura
Mulher aponta para painel eletrônico com cotações do mercado financeiro.

Por Paula Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou em alta nesta terça-feira, após três quedas seguidas, recuperando o patamar de 125 mil pontos, alinhado à recuperação de mercados acionários no exterior e do petróleo, com JBS disparando 6,7%.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,81%, a 125,401,36 pontos. O volume financeiro totalizou 25 bilhões de reais.

Na véspera, o Ibovespa bateu mínima desde maio em meio a um movimento global de aversão a risco disparado por temores de recrudescimento da pandemia, além do tombo do petróleo com acordo da Opep+ para aumentar a produção.

Em Wall Street, o S&P 500 fechou com alta de 1,5%, recuperando-se de uma sequência de perdas, à medida que uma série de balanços positivos de empresas e um otimismo renovado com a economia geraram apetite por risco no mercado.

Além da melhora nos mercados internacionais, o analista da Clear Corretora Rafael Ribeiro chamou a atenção para o desempenho do setor financeiro, que, segundo ele, é a porta de entrada dos investidores estrangeiros na bolsa brasileira.

Ele acrescentou que a queda recente do setor e expectativas de bons resultados no segundo trimestre - com menores provisões para perdas, aumento de receita de serviços com a retomada da economia e redução de custos - ajudam a explicar o movimento.

Nas últimas semanas, a saída de capital externo do segmento Bovespa prevaleceu, com o saldo no mês negativo em 3,87 bilhões de reais até dia 16. No ano, ainda é positivo em 44,1 bilhões.

DESTAQUES

- JBS ON fechou em alta de 6,69%, com o setor de proteínas tendo desempenho mais forte que o Ibovespa. MARFRIG ON subiu 4,24%, BRF ON avançou 1,71% e MINERVA ON ganhou 1,6%.

- VALE ON subiu 0,84%, um dia após divulgar dados de produção e vendas do segundo trimestre, quando produziu 75,7 milhões de toneladas de minério de ferro, alta de 12% ante mesmo período de 2020. As vendas de minério subiram 23,1%.

- ITAÚ UNIBANCO PN subiu 1,31%, também após três quedas seguidas, acumulando no período declínio de mais de 3%. No setor, BRADESCO PN, que acumulou queda de mais de 5% nas três sessões anteriores, avançou 1,54%. Ambos reportam seus resultados trimestrais no começo de agosto.

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON valorizaram-se 1,33% e 1,64%, respectivamente, acompanhando a melhora dos preços do petróleo no exterior, com o Brent fechando com acréscimo de 1%, após tombo na véspera.

- EMBRAER ON avançou 5,9%, encontrando na melhora externa suporte para reação após cinco quedas seguidas, quando acumulou perda de mais de 12%. A ação ainda guarda alta de cerca de 107% em 2021, um dos melhores desempenhos do Ibovespa no ano.

- HAPVIDA recuou 3,02%, seguida por NOTRE DAME INTERMÉDICA, com baixa de 2,36%. Fora do Ibovespa, REDE D'OR SÃO LUIZ ON teve retração de 0,25%.

- MRV ON cedeu 1,99% em sessão negativa para ações de construtoras, com EZTEC ON perdendo 1,88% e CYRELA ON caindo 0,88%. O índice do setor imobiliário, porém, que também inclui papéis de shopping centers, que subiram nesta sessão, avançou 0,48%.

- NEOGRID ON, que não está no Ibovespa, disparou 8,17%, melhor desempenho do Small Caps, após a empresa de tecnologia anunciar a compra de 24,14% na Horus, empresa de "software as a service" para indústria e varejo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos