Mercado abrirá em 5 h 36 min

Ibovespa fecha com declínio modesto após inflação mais forte nos EUA; Ambev dispara

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista fechou no vermelho nesta quarta-feira, marcada por um dado de inflação mais forte do que o esperado nos Estados Unidos, que fortaleceu a aposta de que o Federal Reserve repetirá um aperto monetário mais agressivo no final do mês.

A pressão negativa sobre o Ibovespa, que teve a maioria dos 92 papéis de sua composição encerrando em baixa, porém, foi atenuada pela alta de mais de 5% de Ambev, que detém uma fatia de mais de 3% no índice.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa, referência do mercado acionário brasileiro, caiu 0,24%, a 98.040,08 pontos, tendo recuado a 97.402,99 pontos na mínima e subido a 98.928,24 pontos na máxima do pregão.

O volume financeiro somava 19 bilhões de reais, em sessão também marcada pelo vencimento dos contratos de opções sobre o Ibovespa.

(Por Paula Arend Laier)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos