Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.751,39
    +2.092,04 (+5,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Ibovespa fecha com alta discreta após pregão sem muito entusiasmo

·2 minuto de leitura
Sede B3

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou com alta discreta nesta quinta-feira, numa sessão sem muito entusiasmo e com volume financeiro abaixo da média, tendo de pano de fundo um viés positivo em Wall Street, mas declínio das ações dos bancos.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,17%, a 126.146,66 pontos, tendo recuado a 125.416,39 pontos na mínima e avançado a 126.427,65 pontos na máxima do dia.

O volume financeiro no pregão somou 21,8 bilhões de reais, de uma média diária de 28,9 bilhões de reais no mês e de 34,7 bilhões de reais no ano.

Análise gráfica do Itaú BBA afirma que ultrapassar os 128.100 pontos seria importante para o Ibovespa ter um fôlego nos próximos dias, mas que somente acima de 129.900 pontos é que ele teria força na retomada do movimento de alta.

Nos Estados Unidos, o S&P 500 avançou 0,2%, apoiado no desempenho de ações de tecnologia, enquanto a agenda econômica mostrou crescimento inesperado nos pedidos semanais de auxílio-desemprego e a safra de balanços seguiu no radar.

DESTAQUES

- COSAN ON fechou em alta de 3,19%, renovando máximas históricas e ampliando a alta no mês para 13,5%. No começo de agosto, deve ser precificado o IPO da Raízen, joint venture da companhia com a Shell.

- WEG ON avançou 1,89%, também corroborando o sinal positivo do índice. Analistas do Bank of America reiteraram recomendação de compra para as ações, citando entre outros fatores o seu posicionamento no segmento de energia solar.

- PETROBRAS PN cedeu 0,14%, mesmo com os preços do petróleo no exterior em alta, com agentes financeiros na expectativa do relatório de produção da companhia, previsto para após o fechamento do mercado.

- ITAÚ UNIBANCO PN caiu 1,02% e BRADESCO PN recuou 0,78%, em sessão de ajustes, com o setor como um todo no vermelho, pesando no Ibovespa. BANCO INTER UNIT teve o pior desempenho, fechando em queda de 2,49%.

- VALE ON subiu 0,26%, apesar de nova queda dos futuros do minério de ferro negociados na China, com o setor de mineração e siderurgia ganhando fôlego durante o pregão. Dados mostraram que a produção brasileira de aço bruto em junho cresceu 45,2%. USIMINAS PNA foi destaque e avançou 1,22%.

- LOCAWEB ON valorizou-se 5,49%, revertendo as perdas no mês. No setor de tecnologia, TOTVS ON avançou 2,31%, também entre as maiores altas do Ibovespa nesta sessão.

- MULTILASER ON disparou 16,67% em estreia na B3 após precificar seu IPO a 11,10 por ação, perto do piso da faixa estimada pelos coordenadores, de 10,80 a 13,00 reais por papel. A operação movimentou 2,2 bilhões de reais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos